Entenda como a PEC Kamikaze já complica o seu bolso

Zona com os gastos públicos segura o Ibovespa: queda de 0,35%. Juros do Tesouro Direto seguem em alta, complicando a poupança de quem comprou recentemente.

Por Alexandre Versignassi
Revista Você S/A


O Ibovespa bem que tentou ficar de pé hoje, mesmo sem ter Nova York como referência – por lá, passaram o dia todo enchendo a lata, por conta do feriado de 4 de julho. Mas foi tal qual uma criança que tenta andar de bicicleta sem rodinha, dá uma empolgada, e se dá mal. O índice chegou a operar no azul, mas levou um tombo no final: queda de 0,35%.

E isso num dia bom para o petróleo, a commodity cujas altas fazem ao mesmo tempo mal para a economia e bem para o Ibov. O barril fechou em alta de 1,68%, ajudando Petrobras (2,14%), PetroRio (3,12%) e 3R Petroleum (1,94%).

Também colabora para a alta do suco de dinossauro uma previsão catastrófica do JP Morgan. O G7 quer continuar comprando petróleo da Rússia, só que sem encher os cofres de Putin. Como??

"Fácil", o G7 pensou. A ideia é impor um teto ao óleo russo, tipo US$ 60 o barril (metade do que ele vale hoje – ainda não fecharam qual seria esse limite).

Para o JP Morgan, porém, falta combinar os russos… Literalmente: Putin pode simplesmente cortar a produção, para retaliar. De acordo com o banco "sem danificar excessivamente a economia".

A Rússia tira 10,5 milhões de barris por dia. Para o JP Morgan, se eles cortarem em 3 milhões, o petróleo vai a US$ 190. Se for em 5 milhões, iria a US$ 380. Isso: você não leu errado.

Agora fica um exercício de imaginação. O governo já vai bancar R$ 1 mil em ajuda para os caminhoneiros comprarem diesel. E hoje o relator da PEC Kamikaze (ou "dos Auxílios", se preferir) disse que está a fim de incluir uma ajuda aos motoristas de aplicativo, colocando a conta para os cofres públicos ao norte dos atuais R$ 41,25 bilhões.

Isso com um petróleo a US$ 113. Se o barril for a US$ 380, nem queira saber o que vai sair da cartola desse pessoal.

O efeito da PEC sobre o Tesouro Direto

O fato é que a PEC já começa a cobrar sua conta, mesmo sem ter entrado em vigor. Os R$ 41,25 bilhões (ou mais) não sairão de graça, e o mercado sabe disso. É dinheiro novo que o governo está jogando na economia. E dinheiro novo causa inflação.

Às vezes isso não é problema. Se a inflação está baixa, legal. Mandem ver. Mas, por óbvio, não é o que acontece agora. O IPCA em 12 meses segue estratosférico, em 11,73%. Para tentar contê-la, o Banco Central elevou a Selic de 2% para 13,25%. O mercado esperava que esses treze e poucos por cento seriam o teto. Que dali em diante seria ladeira abaixo.

Não é mais o caso. Os R$ 41,25 bilhões em gastos acima do teto acenderam a luz vermelha. Vemos tal luz na forma dos juros futuros – as apostas do mercado sobre qual será a Selic no futuro (na verdade, o DI, a taxa que acompanha a Selic, mas dá na mesma).

E hoje os juros futuros estão em alta – espera-se 13,725% para janeiro de 2023. Isso é 0,025 ponto percentual a mais do que sexta.

Os juros futuros determinam as taxas que o Tesouro Direto paga em certos títulos. Na sexta, o IPCA+2035 pagava inflação mais 5,89%. Hoje, o juro do título saltou para 5,94%. Isso é bom para quem tem dinheiro no IPCA+, não? De jeito nenhum. Se você comprou na sexta um que pagava 5,89%, hoje ele vale menos no mercado. Afinal, os "títulos novos", de hoje, estão pagando 5,94%.

Esse é o maior valor para o IPCA+ desde outubro de 2018. Há um ano, em julho de 2021, ele estava pagando IPCA +4,09%. Quem entrou naquela época, então, está com um prejuízo razoável. É o efeito da irresponsabilidade fiscal no seu bolso.

Maiores altas
Hapvida (HAPV3): 7,47%
LocaWeb (LWSA3) 4,20%
BRF (BRFS3): 3,15%
Positivo (POSI3): 3,13%
PetroRio (PRIO3): 3,12%

Maiores baixas
IRB Brasil (IRBR3): -4,63%
YDUQS (YDUQ3): -4,31%
Magazine Luiza (MGLU3): -3,18%
Via (VIIA3): -3,17%
Vibra Energia (VBBR3): -3,14%

Ibovespa: -0,35%, a 98.264 pontos

Em NY:
Bolsas fechadas por conta do feriado da Independência

Dólar: 0,08%, a R$ 5,32

Petróleo
Brent: 1,68%, a US$ 113,50

Minério de ferro: -5,6%, a US$ 109,90 por tonelada no porto de Qingdao (China)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre