Após quatro dias, menino de 5 anos é resgatado sem vida de poço no Marrocos

Rayan Awram caiu em um poço de 32 metros na última terça-feira (1º/2). A Família Real de Marrocos confirmou que o garoto não resistiu

PG Pedro Grigori
Correio Braziliense

(crédito: AFP)

O menino de 5 anos que caiu em um poço de 32 metros no Marrocos não resistiu. Rayan Awram já foi retirado sem vida do buraco, neste sábado (5/2), após quatro dias de resgate. A informação foi confirmada pela Família Real de Marrocos.

O resgate demorou quatro dias para ser concluído, devido a profundidade do poço — o equivalente a um prédio de 10 andares. Ele estava recebendo oxigênio, água e alimentos por meio de um tubo.

Para evitar deslizamentos, bombeiros tiveram que cavar e retirar entulhos com as mãos, o que fez o trabalho demorar mais ainda.

Na última terça-feira (1º/2), os pais do garoto perceberam o desaparecimento dele e deram início às buscas. O poço ficava próximo a casa do menino e tinha apenas 45 centímetros de largura, mas dezenas de metros de profundidade. "Toda a família se mobilizou para procurá-lo até percebermos que ele havia caído no poço", disse a mãe do menino à imprensa local na última sexta-feira (4/2).

Diversos moradores da região foram até o local do poço acompanhar as operações de resgate. Pelas redes sociais, internautas de todo mundo subiram a hashtag #SaveRayan em apoio ao menino.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado