Mano da Estamparia ajuda cadeirantes com o projeto Belas Cadeiras


SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE - Conhecido como "Mano Brown santa-cruzense", Mano da Estamparia também ganhou destaque entre a população com seus projetos sociais. Dentre eles, o projeto Belas Cadeiras, que auxilia pessoas com deficiência e também realiza o conserto de cadeiras de rodas e de banho para doar àqueles que necessitam. Além das doações, pessoas que precisam de uma cadeira por um determinado período também podem solicitar a sua no projeto, podendo devolvê-la após o período estimado. Todas as cadeiras restauradas são higienizadas e limpas para serem repassadas para a população.

"Algumas dessas cadeiras seriam jogadas fora. Quando vi isso pensei "Oxe, vão nada", peguei elas e trouxe pra casa", disse Mano. "Foram cerca de 12 cadeiras, estas eu já distribuí, e hoje tenho cerca de 20 cadeiras em casa para conserto. Nós que temos condições de nos deslocar normalmente não damos o devido valor a essas cadeiras. Geralmente, uma dessa custa em torno de R$ 600,00, o que é um gasto enorme para quem precisa."

O projeto Belas Cadeiras terá em breve o apoio da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria de Governo e Desenvolvimento Social. Mano inclusive aproveitou para agradecer o apoio do prefeito Fábio Aragão e da secretária Ivone. "Se sozinho já fazíamos muita coisa, agora com o apoio da Prefeitura vamos alcançar ainda mais pessoas, e isso é muito importante. O projeto tem crescido tanto que eu tô deixando de ser o Mano da Estamparia para ser o Mano das Cadeiras".


Os interessados podem entrar em contato pelo Instagram do projeto para receberem uma das cadeiras restauradas. O projeto não tem fins lucrativos e visa ajudar os que mais precisam. "O máximo que pedimos é que, aqueles que podem, doem o valor que foi gasto para restaurar a cadeira. Além disso, não cobramos nada pelo nosso trabalho. Doamos a quem necessita, emprestamos para os que precisam por um determinado período e, quando passar, pegamos de volta e já cuidamos para que a cadeira seja repassada para outro necessitado.", finalizou Mano.







Edição- Jorge Luis
Reportagem- Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado