Com suástica nazista na manga do casaco, adolescente é expulso de shopping em Pernambuco

Jovem se recusou a remover adereço nazista em shopping 
Foto: Reprodução

Louise Queiroga
Extra

Um adolescente é duramente criticado nas redes sociais por ter caminhado em dois shoppings de Caruaru (PE) nesta quinta-feira, dia 17, com uma suástica nazista colocada na manga do casaco, o que pode ser enquadrado como crime de apologia ao Terceiro Reich. Um vídeo registrado no Caruaru Shopping mostra o momento em que ele se recusa a remover o adereço e é expulso do empreendimento por seguranças. As imagens viralizaram, e o nome da cidade entrou nos assuntos do momento no Twitter, com quase cinco mil menções por volta das 18h.

Embora seja crime enaltecer o nazismo, segundo a legislação brasileira, é possível escutar o rapaz na gravação dizer que sua "liberdade" estaria sendo desrespeitada. Neste caso, contudo, o direito de manifestação não se aplica, porque, conforme dita o artigo 20 da lei 7.716/89, é crime "fabricar, comercializar, distribuir ou veicular, símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo". A pena para a apologia ao nazismo vai de dois a cinco anos de prisão e multa. Não cabe direito à fiança.

Antes de "passear" no Caruaru Shopping, o rapaz foi visto andando no Shopping Difusora, na mesma cidade, também usando o adereço nazista no braço.

O regime de Adolf Hitler na Alemanha entre 1933 e 1945, que foi combatido na Segunda Guerra Mundial, foi responsável pelo Holocausto, o maior crime contra a Humanidade da História Moderna, que causou a morte de 11 milhões de pessoas, sendo que seis milhões delas eram judias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz