Deputado André de Paula diz que Bolsonaro foi irresponsável na aquisição de vacinas para o país


O deputado federal e presidente estadual do PSD André de Paula, deu entrevista ao Programa Cidade em Foco e ao Blog do Alberes Xavier. Na pauta, o parlamentar comentou suas metas na vice-presidência da Câmara Federal, falou sobre a condução de Bolsonaro no combate a Covid-19, contou a relação do PSD com o governo do estado e se posicionou pela manutenção da atual legislação eleitoral brasileira.

“Estamos participando de todas as votações de forma remota, porém cabe a vice-presidência promover ações que geram a interface entre Câmara dos Deputados, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais. Montamos um grupo de trabalho com todos os principais atores dessa casa, a ideia é ter alguns programas que possam acolher vereadores para apoiá-los no dia a dia aqui em Brasília”, pontuou o vice-presidente.

André de Paula falou sobre a condução do governo federal para combater a Covid-19. “Lamento profundamente a forma irresponsável como o governo federal conduziu a aquisição de vacinas para o país. Todo homem público é obrigado a dar bons exemplos, o governo federal deveria ser o líder dessa questão e ter juntado, independentemente de partidos, governadores e prefeitos, porém, Bolsonaro vive provocando um mal-estar com a China, país fornecedor do insumo que gera a vacina”, frisou o parlamentar.

André de Paula também falou sobre a relação do PSD com o governo do estado. “Nós sempre estivemos na Frente Popular, estávamos ano passado com João Campos, isso contribuiu muito para uma harmonia entre PSD e PSB. A insatisfação foi completamente superada, tenho conversado muito com o governador, ele é de muito diálogo, transparente e correto, acho que Paulo Câmara vai conduzir de forma competente esse processo de sucessão e quem estiver ao seu lado, vai lhe seguir”, disse o deputado.

André finalizou contando sua opinião sobre a provável mudança na legislação eleitoral brasileira para 2022. “O que existe é que não teremos alterações no que diz respeito a impossibilidade de coligações e também sobre a cláusula de barreiras. O PSD vencerá essas normas e passaremos muito fortalecidos diante dessa nova realidade. Meu sonho é ver a boa política, a política com P maiúscula, vou votar contra meus interesses, mas votarei a favor do Brasil, a favor de uma política descente, de uma política correta, feita por partidos fortes. É essa a questão que vamos viver”, encerrou André de Paula.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz