Medida aprovada pela Câmara vai agilizar vacinação contra o novo coronavírus, diz Eduardo da Fonte


A aprovação nesta sexta-feira (18) da medida provisória 1003/20, que autoriza a adesão do Brasil ao consórcio Covax Facility, foi celebrada pelo deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE). O parlamentar explica que a medida libera R$ 2,5 bilhões para a compra de vacinas e permite ao país acessar nove imunizantes em desenvolvimento, além de agilizar a autorização temporária de uso emergencial.

“Entendemos que estamos passando pelo momento mais difícil da nossa geração e precisamos garantir a vacinação rápida e segura da nossa população. O tempo que a Anvisa pode levar para aprovar o uso emergencial foi reduzido para cinco dias. Também agilizamos a compra de insumos. O processo ficará menos burocrático e a vacina deve chegar mais rapidamente aos brasileiros”, avalia Eduardo da Fonte.

O texto da medida provisória segue para análise e votação do Senado Federal.

Da Assessoria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Filho deve substituir Aragão candidato em Santa Cruz