DIRETOR DA ANVISA ALEX CAMPOS FALA SOBRE A AUTORIZAÇÃO DO USO EMERGENCIAL E TEMPORÁRIO DA VACINA CONTRA COVID-19

DIRETO DE BRASÍLIA — “Esse é o maior desafio da minha vida profissional”, revelou o recém-empossado diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Alex Campos, ao Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios e ao Blog do Alberes Xavier.

Alex falou que suas experiências atuando no Ministério da Saúde o credenciou a ser indicado para assumir o presente cargo. “A minha passagem pelo MS foi o que de fato me credenciou a essa indicação. Estar no MS e lidar com a grandeza do SUS, a dinâmica de relacionamento com os entes federados, isso tudo gerou uma massa de conhecimento, acumulada com a minha ação profissional lá no gabinete do ministro, teve uma época que estive envolvido em assuntos regulatórios, e isso acabou despertando o olhar das autoridades de que eu podia vir a desempenhar essa missão”.

O diretor afirmou que toda a atenção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária está voltada para a autorização do uso emergencial e temporário da vacina contra covid-19 “É natural que a partir daí um conjunto de protocolos inclusive de monitoramento entre em ação. Nós temos um papel relevante nisso”, disse. “Lembramos que estamos tendo ritos acelerados, e a pandemia requer essa preocupação, a Anvisa vem respondendo e se antecipando a essas demandas”, continuou.

Alex ressaltou que esse é apenas um primeiro passo para o controle da pandemia até que seja produzida uma vacinação em massa. “Uso emergencial não constitui registro de vacina ainda, essa é uma fase antecipada e emergencial, e segue um conjunto de regras que vai assegurar um mínimo de eficácia”.

Reconhecimento — O diretor da Anvisa enfatizou seu reconhecimento de ter trabalhado com o presidente do PSD em Pernambuco, deputado federal André de Paula. “Tive um período longo da minha trajetória profissional ao lado do deputado André de Paula, eu tenho orgulho disso, André é um dos homens públicos mais corretos que eu conheci”, destacou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado