Justiça condena desembargadora a indenizar família de Marielle

Marília Castro Neves disse que ex-vereadora havia sido eleita pelo tráfico de drogas e que era 'engajada com bandidos'


A VEREADORA MARIELLE FRANCO (PSOL-RJ), ASSASSINADA EM 2018. 
FOTO: RENAN OLAZ/CMRJ

A Justiça do Rio de Janeiro condenou a desembargadora Marília Castro Neves a indenizar a família da ex-vereadora Marielle Franco, assassinada em março de 2018. À época, a magistrada afirmou em suas redes sociais que Marielle havia sido eleita pelo tráfico de drogas e que era “engajada com bandidos”.

➤ Leia também:

A ação, movida pelos familiares de Marielle, corre em sigilo na 21ª Vara Cível do Rio.

A irmã da ex-vereadora, Anielle Franco, comemorou a decisão em suas redes sociais:

A desembargadora que disse que a minha irmã tinha envolvimento com bandidos, foi condenada por danos morais e vai ter que pagar uma indenização a nossa família. É o mínimo, mas não paga o preço de ver a história da minha irmã sendo deturpada dias após o seu assassinato.
Quiseram matar minha irmã duas vezes. Mas não permitiremos! Seguiremos o resto da vida defendendo a memória, o legado, e a honra de Marielle!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS