Prefeitura de Caruaru critica decisão do Governo de Pernambuco de endurecer restrições econômicas na cidade

Raquel Lyra (Foto: Reprodução)

Blog de Jamildo

Em nota crítica divulgada nesta terça-feira (23), a Prefeitura de Caruaru disse que o Governo de Pernambuco tomou decisão “unilateral” e tratou Caruaru “de forma isolada” no Agreste ao endurecer restrições econômicas na cidade.

Além de Caruaru, o Governo do Estado também determinou que a cidade de Bezerros funcione apenas com os serviços essenciais durante dez dias a partir da próxima sexta-feira (26).

Veja nota oficial da Prefeitura de Caruaru, cidade governada por Raquel Lyra (PSDB):

“A Prefeitura de Caruaru informa que, assim como tem feito até o momento, continuará seguindo os Decretos do Governo do Estado. Ao longo do período de pandemia, o município tem tomado diversas medidas para enfrentar a propagação da Covid-19. Contudo, por não se tratar de uma cidade isolada e ter conexões com vários outros municípios, existe uma movimentação de pessoas entre toda a região, que compreende cerca de 2 milhões de habitantes.

A Prefeitura reforça que vem trabalhando nos protocolos de segurança para a reabertura do comércio local. Na última semana, a gestão municipal encaminhou um ofício solicitando uma reunião com o Governo do Estado. Contudo, após este diálogo, o Governo de Pernambuco decidiu, de forma unilateral, retroceder nas estratégias do plano de reabertura no município, tratando Caruaru de forma isolada, sem levar em conta o contexto da região.

É importante reforçar que a Prefeitura de Caruaru continuará, como sempre fez durante todo esse período, cuidando da população. Diante da decisão do Governo do Estado, a Prefeitura de Caruaru esclarece que não entende os critérios que estão sendo seguidos para tal decisão, mas continuará acatando o Decreto.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS