Em live semanal, Fernando Aragão relembra trajetória de Raimundo Aragão e debate com pré-candidatos


Nesta quarta-feira (24), o pré-candidato a prefeito Fernando Aragão (PP) realizou mais uma live semanal em suas redes sociais. Na ocasião, Fernando trouxe pontos que já vem sendo abordados em outras oportunidades como a construção de políticas públicas voltadas para economia do dinheiro público e a eficiência ao se fazer mais, com menos.

Durante sua live semanal que nesta oportunidade teve clima junino em alusão ao dia de São João, Fernando também recebeu dois dos pré-candidatos a vereadores pelo seu grupo, o professor e artista da terra Saulo Alves e o empreendedor Adriano Baé. Na ocasião Saulo levou para live além de muita música, uma homenagem para com Raimundo Aragão, tio de Fernando Aragão e considerado um dos grandes gestores pernambucanos de sua época.

Na última terça-feira, dia 23, completaram-se 30 anos da morte de Raimundo, descrito na live desta quarta por Fernando Aragão como “o melhor prefeito que Santa Cruz do Capibaribe já teve”. Ainda no campo das homenagens, Fernando disse que vive embasado em seus ensinamentos e pretende, chegando a prefeitura, estabelecer um governo semelhante (visionário e a frente de seu tempo).
“Eu convivi com Raimundo. E se Deus quiser vamos caminhar e vamos fazer nessa cidade um grande trabalho como Raimundo Aragão fez”, ressaltou Fernando.
Em sua participação na live, o pré-candidato Adriano Baé também explanou uma série de projetos que tem encabeçado, um deles é a implantação de uma plataforma digital para o Calçadão Miguel Arraes de Alencar que terá como objetivo impulsionar as vendas dos comerciantes locais, além de proporcionar ao mesmos uma maior abrangência tecnológica na realização de negócios online.

No andamento da live Fernando Aragão voltou a ressaltar que os compromissos que tem assumidos são possíveis de serem cumpridos, basta trabalhar sobretudo a questão econômica de cidade com transparência e zelo ao dinheiro público. Neste contexto, Fernando destaca que quando a prefeitura tiver em seu comando alguém que priorize o que realmente precisa ser priorizado, haverá recursos suficientes para aplicação em diversos setores de forma gradual e uniforme.
“Quando digo que iremos fazer, alguém pode se levantar e dizer ‘Fernando assume tudo’ (sic). Mas é verdade, nós precisamos. É preciso que a população entenda que hoje o que acontece na nossa cidade é um desperdício de dinheiro muito grande. Onde não há uma lisura em tudo o que é feito. Se você vai para questão de casas alugadas é um absurdo, se você vai para as licitações é outro absurdo, então não tem de jeito nenhum uma transparência. E outra coisa — e eu digo e repito — não vamos aqui colocar ninguém para fora, agora quem vai ficar é quem trabalha. E não vamos colocar pessoas para ficar em praças ou para ficarem sendo cabo eleitorais de ‘Seu Ninguém’, é para trabalhar para o povo de Santa Cruz do Capibaribe”, disse.
Conteúdo Da Assessoria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS