Eduardo da Fonte propõe adicional de insalubridade para profissionais de saúde e assistência social durante a pandemia do coronavírus


O deputado federal Eduardo da Fonte apresentou um projeto de lei para que todos os profissionais da saúde e da assistência social, que estão trabalhando no enfrentamento ao coronavírus, recebam adicional de insalubridade durante a pandemia. 

O texto prevê remuneração em grau máximo, o que representa um acréscimo de 40% calculado sobre o salário do trabalhador e alcança profissionais em todas as formas de contratação. O projeto foi apresentado pelo parlamentar após conversa com o deputado estadual Pastor Cleiton Collins (PP/PE), que recebeu a demanda de profissionais da saúde de Pernambuco.

“Esses profissionais estão expostos pois trabalham dentro e fora dos hospitais ajudando os cidadãos e cuidando para que o contágio seja evitado. São esses trabalhadores que dão o encaminhamento correto para quem já tem os sintomas do coronavírus, sem medo de serem infectados e trabalhando com dignidade e respeito, honrando o povo brasileiro. São eles que aplicam as medidas necessárias para salvar vidas, nada mais justo do que receberem por isso”, afirmou Eduardo da Fonte.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS