Postagens

Mostrando postagens de Agosto 14, 2019

NESTA QUINTA (15) NO PROGRAMA OLHANDO DE FRENTE TEM ENTREVISTA COM DIMAS DANTAS

Imagem
Fique atento - O Olhando de Frente vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 18 horas e é transmitido pelas rádios Comunidade e Nova Geração FM. Acesse: COMUNIDADE FM

VANDO DA SERTEC AGRADECE PELO SUCESSO DA FESTA DA FEIRA DE CACIMBA DE BAIXO

Imagem
Santa Cruz do Capibaribe - A Feira de Animais e da Agricultura Familiar de Cacimba de Baixo completou dois anos e para marcar a data Vando da Sertec e equipe promoveram uma grande festa.
Foram três dias de um evento que ficará na memória. Cavalgada, exposição de animais, corrida de jericos, premiação para os competidores e homenagens ao que fazem a feira e também aos que de alguma forma ajudam a mantê-la. E tudo isso regado a muito forró. Vários artistas da região se revezaram na arena montada ao lado do pátio da feira. No domingo o Programa Cabroeira Nordestina, que é feito ao vivo direto da feira, apresentou vários trios de forró, oportunizando a todos aqueles que querem mostrar seu trabalho.
Vando da Sertec, emocionado falou à nossa reportagem: "Primeiro agradeço a Deus por mais esse aniversário da feira e agradeço também a toda minha família e aos incontáveis amigos que nos ajudaram. Não foi fácil angariar recursos para fazer o evento, mas mesmo assim conseguimos mostrar que co…

Ué? Bolsonaro gasta só 6,5% de recursos previstos para segurança

Imagem
Jair Bolsonaro (foto Evaristo Sá/AFP)
Reportagem de Rogério Pagnan na Folha de S.Paulo informa que eleito com a segurança pública como uma de suas principais bandeiras, o governo de Jair Bolsonaro (PSL) só investiu até agora 6,5% dos recursos previstos para 2019 do Fundo Nacional de Segurança Pública. O fundo é a principal ferramenta do governo federal de repasse de verbas a projetos e ações na área de segurança e prevenção à violência. Esses recursos ficam sob o guarda-chuva do “superministério” da Justiça e Segurança Pública criado pela gestão Bolsonaro, para qual foi indicado o ex-juiz Sergio Moro.
Segundo a publicação, de acordo com dados da execução orçamentária do Ministério do Planejamento, até esta terça-feira (13) apenas R$ 113,8 milhões foram investidos (liquidados), do R$ 1,7 bilhão previsto para este ano. Considerando os recursos empenhados, aqueles reservados para pagamentos planejados (que podem ser cancelados), o montante chega a R$ 232,7 milhões —ou 13% da dotação orçame…

Justiça nega pedido da prefeitura para realizar suplementação via decreto e mantém discussão do projeto com a Câmara de Vereadores

Imagem
Juiz determinou que o projeto seja votado novamente com as emendas que os vereadores julgarem necessárias

Nessa terça-feira (13), o Juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior, da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Santa Cruz do Capibaribe, apresentou a decisão referente ao pedido da Prefeitura Municipal que solicitava realizar suplementação orçamentária via decreto, sem a análise da Câmara de Vereadores e suspender a votação do Projeto de Lei 010/2019, do Poder Executivo, votado no dia 30 de julho. A justiça negou o pedido para que a matéria fosse executada via decreto é alertou na decisão para o o Artigo 90 da Lei Orgânica do Município em que é vedada a abertura de crédito suplementar ou especial sem prévia autorização legislativa e sem indicação dos recursos correspondentes.
A prefeitura contestava a apresentação de emendas e reprovação do projeto que solicitava a abertura de crédito suplementar no valor de mais de R$ 7 milhões. A proposta amplamente discutida na Câmara, recebeu emendas…

Palavras que edificam

Imagem
A Parábola do Filho pródigo
Lucas 15:11-32


E disse: Um certo homem tinha dois filhos; E o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente. E, havendo ele gastado tudo, houve naquela terra uma grande fome, e começou a padecer necessidades. E foi, e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, o qual o mandou para os seus campos, a apascentar porcos. E desejava encher o seu estômago com as bolotas que os porcos comiam, e ninguém lhe dava nada. E, tornando em si, disse: Quantos jornaleiros de meu pai têm abundância de pão, e eu aqui pereço de fome! Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti; Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros. E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, vi…