Lula deixa a Superintendência da PF em Curitiba após decisão judicial

Petista deve fazer discurso nas próximas horas e seguir para São Paulo, onde participa de evento no Sindicato dos Metalúrgicos no fim de semana

Correio Braziliense

(foto: Reprodução/YouTube)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, às 17h43 desta sexta-feira (8/11), após obter um alvará de soltura com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por 6 votos a 5, proibiu a prisão em razão de condenação em segunda instância.

Vestindo um blazer preto com camisa preta, o petista deixou a sede da corporação, onde estava preso há 580 dias, em meio a centenas de apoiadores. Integrantes da Vigília Lula Livre, acampamento montado nas proximidades da PF desde que ele foi encarcerado, hastearam bandeiras e entoaram gritos de apoio ao petista. A namorada de Lula, Rosângela da Silva, conhecida como Janja, também estava na porta da Polícia Federal. Lula deu um beijo na namorada e um abraço na filha. Em seguida, estendeu a placa: "Lula é inocente." 

De acordo com o ex-candidato à Presidência Guilherme Boulos, Lula deve participar de um evento no Sindicato dos Metalúrgicos, no ABC Paulista, neste sábado (9/11). É o mesmo local em que o petista se entregou para a PF, quando foi preso, em abril do ano passado. O petista também prepara um "discurso à Nação".

Lula foi condenado a oito anos e 10 meses de prisão pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que confirmou, com redução de pena, a condenação imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Ele poderá ficar em liberdade até que o processo tramite nas instâncias superiores, ou caso o Supremo atenda a um pedido para anular a ação penal, apresentado pela defesa e que será apreciado pelo tribunal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PROFESSORA INDIGNADA ESCREVE AO BLOG DO JAIRO GOMES