Despedida de Beth Carvalho é marcada por emoção e roda de samba

Após velório na sede do Botafogo, time de coração da cantora, corpo foi levado para crematório por carro do Corpo de Bombeiros

AE Agência Estado

Amigos cantaram sambas para homenagear a cantora
(foto: Tania Rego/Agencia Brasil)

A despedida de Beth Carvalho, nesta quarta-feira (1º/5), teve lágrimas e muita música. Depois de um velório com direito a roda de samba na sede do Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, o corpo da cantora seguiu em cortejo, sobre carro do Corpo de Bombeiros, até o Crematório do Caju, na Zona Norte da capital fluminense.

Músicos e fãs de Beth organizaram uma roda de samba em homenagem à sambista durante o velório, que começou às 10h. O clube de futebol reservou seu salão nobre para a despedida. A cantora era uma botafoguense entusiasmada e chegou a gravar músicas de apoio ao time.

(foto: Mauro Pimentel/AFP )

Parentes, amigos e colegas de profissão estiveram presentes na despedida. Emocionado, o cantor e compositor Zeca Pagodinho lembrou que a parceria com Beth Carvalho o fez ganhar fama. "Muita gente ela botou pra cima. Eu costumo brincar que era só um compositor, e virei Zeca Pagodinho por causa da Beth", contou. "Uma guerreira, uma pessoa que venceu muitos tabus", afirmou o cantor Dudu Nobre. "É uma grande perda", completou.

Infecção generalizada

Beth Carvalho morreu às 17h33 desta terça-feira (30/04), aos 72 anos, no Hospital Pró-Cardíaco, também no bairro de Botafogo, onde estava internada desde o dia 8 de janeiro. A artista foi vítima de infecção generalizada (também conhecida como septicemia), segundo nota divulgada pela unidade de saúde.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara