Acusados da morte de Marielle Franco e Anderson Gomes são atendidos em presídio

Por Marcelo Silva

Os três envolvidos no caso passaram mal na noite deste sábado (16)

Élcio Vieira e Ronnie Lessa serão transferidos para um presídio federal 
(Foto: Reprodução)

Os acusados de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes passam mal na noite deste sábado (16), e precisaram receber atendimento no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio.

A informação foi dada em primeira mão pelo âncora, Rodolfo Schneider. Segundo fontes da Secretária de Administração Penitenciária, o sargento reformado da PM, Ronnie Lessa, o também ex-policial militar Élcio Queiroz e Alexandre Mattos de Souza estavam estressados e muito ansiosos dentro da cadeia pública Laércio da Costa Pelegrino, Bangu 1.

Os três foram atendidos por uma equipe médica do Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho e retornaram para suas celas. Ronie Lessa e Elcio Queiroz estão presos aguardando por uma transferência para um presídio Federal. Já Alexandre Mattos de Souza responde pela posse dos 117 fuzis desmontados encontrados na casa onde mora na Zona Norte do Rio.

As armas na casa dele seriam de Ronnie Lessa. Para a Polícia, Alexandre era o laranja de Ronnie Lessa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe