Pedido de impeachment do prefeito de Camaragibe é aprovado na Câmara

Do Blog da Folha


Câmara Municipal de Camaragibe decidiu pela abertura 
do processo de impeachment do prefeito
Foto: Artur Mota

Após muita confusão e reviravolta, os vereadores da Câmara Municipal de Camaragibe encerraram a votação pelo pedido de impeachment do prefeito Demóstenes Meira (PTB), na manhã desta terça-feira (26). Com quatro abstenções, quatro votos favoráveis e quatro contrários à abertura do processo, a dúvida era se o voto de minerva poderia ser dado pelo presidente da Casa, vereador Toninho (PTB), posto que ele foi o autor do pedido. Depois de esclarecida a dúvida no regimento e no processo legislativo, o presidente desempatou, decidindo contra o prefeito.

O risco de que a Casa barrasse o pedido de impeachment provocou revolta entre os moradores, que lotavam as galerias aos gritos de "fora Meira" e ameaçavam invadir o plenário. Segundo o presidente da Câmara Municipal de Camaragibe, vereador Toninho, agora a Casa tem, cinco dias para elaborar o parecer e encaminhar ao prefeito, que contará com 15 dias para apresentar sua defesa. Após a defesa do prefeito ser protocolada, a comissão volta a se reunir para que o relator profira o resultado final, que pode ser confirmado em até 60 dias.

Segundo Toninho, a pressão popular e a atuação das instituições foram importantes para a abertura do processo de impeachment do prefeito. "Se o Ministério Público, a OAB, o Tribunal de Justiça e o Tribunal de Contas do Estado cobraram explicações do prefeito, porque a Câmara, principal órgão fiscalizador do município ficaria omissa? A gente precisava dar uma resposta à população e, graças a Deus, foi positiva", comemorou.

A assessoria do prefeito informou que a prefeitura ainda não foi notificada sobre o pedido.

*Informações de Lourenço Gadelha, da editoria de Política

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara