Luciana Santos diz ser cética em relação ao governo Bolsonaro

Foto: Dayvison Nunes/JC Imagem


Após tomar posse como vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos afirmou nesta terça-feira (1º) que não acredita no governo Jair Bolsonaro (PSL). “Eu sou cética”, disse ela, que é presidente nacional do PCdoB.

“Eu penso que o projeto político que a própria candidatura colocou tem como tendência principal manter o conceito de Estado mínimo, esse conceito liberal. Historicamente eu sempre achei que o Estado não precisava ser mínimo nem máximo, ele precisa ser o Estado necessário, inclusive na economia e dar as garantias para a qualidade de vida da nossa gente”, justificou.

Luciana Santos admitiu, porém, que no papel de vice-governadora deve dialogar com o governo Bolsonaro. 

“Sempre colocarei o interesse dos Pernambucanos acima das divergências político ideológicas”, afirmou.

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Em seu discurso de posse, o governador Paulo Câmara (PSB) alfinetou Bolsonaro em diversos momentos. “O amor ao Brasil não é monopólio de nenhum brasileiro, seja civil ou militar”, disse. 

“A submissão, em qualquer tempo, de qualquer natureza, por qualquer motivo, é incompatível com o espírito libertário dos pernambucanos. Apoiaremos decisões que beneficiem Pernambuco e o Nordeste, a exemplo das obras complementares da Transposição das águas do Rio São Francisco e da conclusão da Ferrovia Transnordestina. Mas seremos contra, fundados em sólidos argumentos, a iniciativas que comprometam o futuro do estado e da região, como a privatização da Chesf”, afirmou ainda o socialista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara