Israel autoriza exportação de maconha para fins medicinais



O governo de Israel deu permissão definitiva, neste domingo (27), à exportação de maconha para uso médico, uma medida que busca gerar receitas significativas para o Estado, segundo o Ministério da Saúde.

O governo aplica assim uma lei aprovada em dezembro pelo Parlamento que libera a venda ao exterior de cannabis medicinal.

"O Estado de Israel é um dos principais países do mundo no campo da cannabis medicinal (...) Nosso conhecimento e experiência neste campo nos permite oferecer produtos de alta qualidade para exportação", afirmou o diretor-geral da pasta, Moshe Bar Siman Tov.

Em 2016, o governo israelense aprovou este projeto de lei.

Em dezembro, foi aprovada uma lei que permite aos agricultores cultivar maconha para uso terapêutico, desde que tenham permissão do Ministério da Saúde, da polícia e da autoridade de controle dos produtores.

A exportação de maconha com fins medicinais poderia gerar receita de 266 milhões de dólares ao ano para Israel, segundo estimativas do Parlamento.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

Vereadora Marielle Franco é assassinada a tiros na região central do Rio de Janeiro