Palmeiras ganha do Vasco e é campeão brasileiro de 2018

Com gol de Deyverson, Palmeiras derrotou o Vasco por 1 a 0, em São Januário, e conquistou o título do Campeonato Brasileirão pela 10ª vez


Rodolfo Rodrigues. do R7

Deyverson fez o gol da vitória que deu o título brasileiro ao Palmeiras
Ricardo Moraes/Reuters

O Palmeiras venceu o Vasco neste domingo (25), por 1 a 0, em São Januário, e conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 2018 com uma rodada de antecipação. Deyverson, aos 27 minutos, fez o gol da vitória que deu ao Palmeiras seu 10º título na história do campeonato nacional, o segundo na era dos pontos corridos (2016 e 2018).

Com o resultado deste domingo, o Palmeiras chegou também a marca de 22 jogos sem derrota, aumentando o recorde de invencibilidade no Brasileirão por pontos corridos (desde 2003) e igualou o seu próprio recorde de invencibilidade na história do Brasileirão, de 1973.

O jogo do título

Com duas mudanças em relação ao jogo contra o América-MG — Diogo Barbosa e Felipe Melo nos lugares de Victor Luís e Thiago Santos —, o Palmeiras começou o jogo controlando a partida, tendo mais posse de bola. O Vasco, mais recuado, porém, levou mais perigo e criou mais chances de gol.

Yago Pikachu e Borja disputam bola no jogo entre Vasco x Palmeiras
Ricardo Moraes/Reuters 

Aos 10 minutos, Andrey deu o primeiro susto com um chute forte de fora da área. Aos 15 minutos, Yago Pikachu chutou com perigo, mas Weverton fez boa defesa com os pés. Naquele momento, o Palmeiras recebeu a notícia de que o Flamengo já tinha aberto o placar no Mineirão, contra o Cruzeiro. Mesmo assim, o time de Felipão não acelerou e manteve a mesma postura, de ficar com a posse de bola. Só no final da primeira etapa, com um chute colocado de Bruno Henrique, aos 42 minutos, que o Palmeiras quase teve sua melhor chance. 

No segundo tempo

Os dois clubes retornaram para a segunda etapa sem alterações. Mas o Palmeiras acabou voltando com um estilo mais ofensivo, buscando o gol da vitória e do título, ainda mais após o Flamengo abrir 2 a 0 sobre o Cruzeiro no Mineirão. Aos 7 minutos, Mayke fez boa jogada pela direita e cruzou para Dudu. O camisa 7, porém, pegou mal na bola e mandou para fora. 

Melhor em campo, mas sem conseguir finalizar, o Palmeiras mudou aos 15 minutos, com Deyverson no lugar de Borja. A mudança fez o time pressionar mais. Aos 22 minutos, após jogada entre Deyverson e Dudu, a bola sobrou para Bruno Henrique, que acabou batendo fraco, para fácil defesa de Fernando Miguel. Pouco depois, aos 27 minutos, numa jogada pela esquerda, Gustavo Scarpa lançou Willian, que ajeitou para Deyverson, sozinho, marcar o gol. 

Ficha técnica

25/11 - São Januário (Rio de Janeiro-RJ)

VASCO 0 x 1 PALMEIRAS

Árbitro: Rafael Traci (PR); Renda: R$ 596 810,00; Público: 21 966; Gols: Deyverson 27 do 2º; Cartões amarelos: Desábato, Leandro Castán, Andrey e Andrés Ríos (banco) (Vasco); Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Gómez, Deyverson e Jean (Palmeiras); Expulsão: Yago Pikachu (Vasco) 48 do 2º

VASCO: Fernando Miguel, Luiz Gustavo, Werley, Leandro Castán e Henrique (Willian Maranhão 21 do 1º); Desábato (Raul 11 do 2º), Andrey, Thiago Galhardo, Yago Pikachu e Kelvin (Marrony 31 do 2º); Maxi López. Técnico: Alberto Valentim

PALMEIRAS: Weverton, Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Gustavo Scarpa 23 do 2º); Dudu, Borja (Deyverson 15 do 2º) e Willian (Jean 28 do 2º). Técnico: Luiz Felipe Scolari

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO