INVESTIGADO, SECRETÁRIO SUSPENDEU AÇÕES PARA SINDICATOS


247 – Eduardo Anastasi, secretário do Ministério do Trabalho, suspendeu 187 processos e autorizações para novos sindicatos a título de apuração de fraudes. Só que esse mesmo secretário é investigado por enriquecimento ilícito durante o período que trabalhou na Secretaria dos Transportes. A Procuradoria Geral do estado diz que não há problema.

“Após uma ação da Polícia Federal feita em maio, o Ministério do Trabalho suspendeu 187 processos de autorizações de novos sindicatos para apurar possíveis fraudes. O secretário que determinou a averiguação interna, Eduardo Anastasi, é investigado administrativamente pelo governo de São Paulo por enriquecimento ilícito durante o período em que trabalhou na Secretaria dos Esportes.

A PGE (Procuradoria Geral do Estado) diz que ainda não há acusação, mas investigação —e, mesmo em caso de punição, Anastasi só seria impedido de ter relações com o governo de São Paulo. Nada o impediria de assumir um cargo em um ministério, por exemplo. “O processo existe desde 2007. Eu tenho advogado que cuida disso e não fui nem citado”, afirma Anastasi. Não há citação em processos disciplinares administrativos, só nos judiciais, afirma a PGE.

Leia mais aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara