INVESTIGADO, SECRETÁRIO SUSPENDEU AÇÕES PARA SINDICATOS


247 – Eduardo Anastasi, secretário do Ministério do Trabalho, suspendeu 187 processos e autorizações para novos sindicatos a título de apuração de fraudes. Só que esse mesmo secretário é investigado por enriquecimento ilícito durante o período que trabalhou na Secretaria dos Transportes. A Procuradoria Geral do estado diz que não há problema.

“Após uma ação da Polícia Federal feita em maio, o Ministério do Trabalho suspendeu 187 processos de autorizações de novos sindicatos para apurar possíveis fraudes. O secretário que determinou a averiguação interna, Eduardo Anastasi, é investigado administrativamente pelo governo de São Paulo por enriquecimento ilícito durante o período em que trabalhou na Secretaria dos Esportes.

A PGE (Procuradoria Geral do Estado) diz que ainda não há acusação, mas investigação —e, mesmo em caso de punição, Anastasi só seria impedido de ter relações com o governo de São Paulo. Nada o impediria de assumir um cargo em um ministério, por exemplo. “O processo existe desde 2007. Eu tenho advogado que cuida disso e não fui nem citado”, afirma Anastasi. Não há citação em processos disciplinares administrativos, só nos judiciais, afirma a PGE.

Leia mais aqui.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Obras da PE-160 seguem em ritmo acelerado

CARLINHOS DA COHAB: "Sou um soldado do grupo e pronto para defender a candidatura de Zé e pedir voto pra ele"

Corpo de Guilherme Uchoa é velado na Assembleia Legislativa de PE

MORO DESOBEDECE TRF-4 E NÃO SOLTA LULA