Como se escreve uma história?

É assim que se escreve uma história

Muito bem! Parece que voltamos ao normal. Depois de tantas notícias acerca da grande paralisação, o Brasil retorna ao normal.

A mídia fez a sua parte, noticiou, alarmou, mentiu, aproveitou. Foram dias de desesperos para muitos, para outros, entretanto, dias de folga, até porque não tinha como sair para mais longe, ficamos ilhados. 

A geração do real sentiu na pele o gosto de uma grande mobilização, se foi manobra política ou desgoverno só depois se saberá, mas o fato é que, o assunto foi manchete em todo o planeta, e ficou marcado para as futuras gerações um episódio que travou o Brasil: A greve dos caminhoneiros.

O fato fica registrado nos anais da imprensa como marco da história e num futuro, não muito distante, será tema de redações nas universidades e demais entidades, assim como foi o movimento dos “Diretas já”, dos “caras pintadas” , dos “Fora FHC”, entre outros.

Cada fato com sua peculiaridade, com seus motivos, com suas nuances, com seus objetivos, ou mesmo sem nenhum objetivo.

Para os que no passado, já viram de tudo um pouco, fica mais um movimento para a coleção de desgoverno que impera no nosso imenso torrão, para outros fica a experiência em uma geração que ainda não tinha sentido o gosto de algo com alcance nacional.

Mas a história continua sendo escrita e cada dia as páginas vão se completando e nós fazemos parte dela.

Mas há uma outra história que escrevemos, a nossa história, não a história de um país, eu falo da historia de "cada um per si" e que, quer queira ou não, somos escritoras da mesma.

Nossos atos, nosso querer, nossas atitudes, nosso eu, tudo faz parte do que você é e do que quer ser e estes fatos ficam registrados em nossa história; sejam bons ou maus. Nossas escolhas e decisões escreverão como será nosso futuro, pois não temos um futuro já pré-determinado, a gente é que o escreve. Podemos seguir este ou aquele caminho, isto ou aquilo, bem ou mal, a escolha é sempre nossa. 

Se confiarmos em Deus e entregarmos-lhe nossas vidas, Ele pode mudar nossa história. Mas é preciso entregar mesmo e confiar. 

Salmos 37:5 - Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.

Um homem por nome Jabez nascera com uma triste sina: a do sofrimento. Mas diz a bíblia que Jabez orou e pediu a Deus que mudasse sua história e foi atendido naquilo que pediu, a história de Jabez foi mudada a partir de uma intervenção de sua parte rogando a Deus por uma mudança. Então tudo dependia do próprio Jabez, com relação a sua situação e seu futuro, mas o milagre só dependia de Deus.

E foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; e sua mãe deu-lhe o nome de Jabez, dizendo: Porquanto com dores o dei à luz. Porque Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido. I Crônicas 4:9-10

Então lhe pergunto meu caro leitor: Como você está escrevendo sua história? Já desistiu? Já se cansou? Ou ainda há forças para ir à luta? O que você está plantando hoje? 

Lembre-se de que a tua história só depende de você, mesmo que seja necessária uma intervenção divina, é você quem decide, se quer que Ele a mude ou não, é você quem escreve a tua própria história. Se for preciso que um milagre aconteça, Deus o fará. Mas sempre será você que tomará a decisão.

Um abraço e até a próxima, se Deus permitir.

*Dário Gomes de Araujo é Evangelista da Igreja Assembleia de Deus e atual gestor na cidade de São José do Egito 

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CARLINHOS DA COHAB: MAIS ÁGUA PARA POÇO FUNDO E APOIO A DIOGO MORAES

PT estadual vota a favor da candidatura de Marília Arraes ao governo

Membros do PSD retornam ao grupo de situação em Santa Cruz do Capibaribe