Aliando-se ao PSB, diz Marília Arraes, PT correria o risco de não eleger nenhum federal

COLUNA FOGO CRUZADO
por Inaldo Sampaio


A vereadora Marília Arraes não tem mais dúvida de que eventual aliança do seu partido (PT) com o PSB para apoiar a reeleição do governador Paulo Câmara está descartada, por cinco motivos. 
  • Primeiro: o PSB acaba de lançar um candidato a presidente da República que é o ex-ministro Joaquim Barbosa. Logo, a troco de que o PT de Pernambuco apoiaria o atual governador?
  • Segundo: por mais que o senador Humberto Costa afirme que a decisão sobre a aliança é da direção nacional, a senadora e presidente nacional do PT, Glesi Hoffmann, já disse que a palavra final sobre essa matéria é da direção estadual. 
  • Terceiro: se o PT eventualmente se aliasse ao PSB, correria o risco de, mais uma vez, não eleger nenhum deputado federal, tal como aconteceu em 2014, quando serviu de “cauda” para o PTB. Agora, diz ela, serviria de “cauda” para o PSB. 
  • Quarto: qual foi o gesto que o PSB fez em relação ao PT sob o ponto de vista nacional? Alguma vez externou o desejo de apoiar o ex-presidente Lula? 
  • Quinto: conversou duas vezes com o ex-presidente sobre a eleição estadual e ouviu dele a recomendação para continuar trabalhando a candidatura e, se possível, falar em alguma rádio da capital ou do interior todos os dias. Por último, acha que seria uma “desmoralização” para o PT aliar-se a um partido que contribuiu com 34 votos para aprovar o impeachment de Dilma Rousseff.
A chapa de federais

Pelas contas de Marília Arraes, o PT elegerá, pelo menos, 2 deputados federais em Pernambuco nas eleições de 6/10, contando com os votos de legenda. Deverão estar na chapa, dentre outros, Humberto Costa, Fernando Ferro e Carlos Veras (presidente da CUT-PE). Crê também que terá chance de vitória quem se candidatar ao Senado empunhando o slogan “o senador de Lula”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara