Operação Carnaval é lançada em Santa Cruz do Capibaribe


Na manhã desta quinta-feira (08) a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe lançou, na sala de reuniões, o planejamento para o início da ‘Operação Carnaval da Moda 2018’, que começará nesta sexta-feira (09) e vai até a quarta-feira de cinzas. Participaram do encontro, o prefeito Edson Vieira, membros da Secretaria de Defesa Social do município, subcomandante do 24° Batalhão, órgãos de imprensa, vereadores e a população.

A operação será iniciada nesta sexta-feira (09) com 22 Guardas Civis Municipais (GCM), atuando em conjunto com policiais Militares e Civis. Já do sábado (10) até a terça-feira (13) serão 44 guardas que irão atuar diariamente na repressão contra o crime. Já na quarta-feira de cinzas (14) serão 27 GCM´s.

Durante a operação, o efetivo contará com cinco viaturas, sendo uma S-10 e quatro veículos Gol, além de quatro motocicletas XRE-300. O cronograma da operação está contemplando também o evento religioso, UMADESC, que acontecerá no Cabana Clube e terá à disposição um trailer com dois Guardas Municipais 24h. A Operação também irá atender toda extensão da zona rural que completa o município. Ao todo, serão 225 Guardas Civis Municipais atuando no período carnavalesco.

As rondas serão divididas em quatro quadrantes, separados por localidade. O primeiro quadrante compõe os bairros: Arcoverde, Centro, São Cristóvão, Bairro Novo, Cruz Alta. Rio Verde e São José. O quadrante II são: Nova Morada, São Miguel, Bela Vista, Loteamento Nezinho Arruda, Loteamento Jordão Cordeiro de Arruda, Cohab, Polis Pacas, Cidade Alta e Malhada do Meio.

O quadrante III, é composto por Nova Santa Cruz, Dona Dom, Loteamento Manoel Monteiro, Dona Lica 1 e 2. O quadrante IV, compõe os bairros: Pedra Branca, Santo Agostinho, Jaçanã, Acauã, N. Srª da Conceição, Armando Aleixo, Beco Aragão, Beira Rio e Palestina.

O prefeito Edson Vieira, comentou sobre os desafios e esforços que são executados pela gestão durante esse período carnavalesco, visando garantir a segurança da população. “Nós estamos executando esse trabalho desde o início da gestão, buscando garantir a tranquilidade dos moradores, tanto dos que permanecem como os que irão viajar e deixarão suas residências fechadas. Esse trabalho requer um esforço financeiro, tendo em vista que compramos as horas extras dos agentes, fornecemos veículos e alimentação e cedemos total apoio para o sucesso dessa operação”, pontuou.

O secretário de Defesa Social, Tenente-coronel Sena, afirmou também que as equipes vão atuar no foco para combater possíveis danos ao patrimônio. “Nós sempre buscamos fazer com que o carnaval seja um período de paz, e com isso, nos focamos em evitar possíveis arrombamentos e crimes que venham lesar os cidadãos de bem do município. Não vamos deixar de realizar as abordagens de rotina, mas com foco no zelo ao patrimônio”, frisou.

O subcomandante do 24° Batalhão de Polícia Militar, Major Neto, falou sobre os desafios que são impostos neste período e relembrou que o Batalhão tem sido referência na redução dos crimes. “Nosso batalhão tem mostrando, diante das dificuldades, empenho e qualidade na atuação. Tivemos a preocupação em buscar coibir os crimes com nossas operações de rotina, e essa do Carnaval nos possibilita ainda mais esforços e empenho de todo o comando e a tropa com a sociedade”, elencou.

Cronograma – O efetivo definido para esta operação conta com Guardas Civis Municipais, Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, SAMU, Conselho Tutelar e Secretaria de Mobilidade Urbana. A Prefeitura irá ter um custo extra de R$ 50 mil, no período carnavalesco.

Contatos dos órgãos de segurança:

Guarda Civil Municipal – (81) 99615-6389 (WhatsApp)
Polícia Militar – (81) 3759-8200 ou (81) 99488-5748 (WhatsApp).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara