Nem 24 horas: Estação de bombeamento inaugurada por Temer rompe em Cabrobó



Não durou nem um dia o bombeamento da transposição do São Francisco, eixo norte. A segunda estação de bombeamento em Cabrobó rompeu na concretagem do solo. Com a obra parada, a água do Rio São Francisco deixa de ser elevada a 58,5 metros, o equivalente a um prédio de 19 andares e de reforçar o abastecimento a 9,2 mil habitantes do município.

Segundo informações de moradores do local, assim que a comitiva presidencial virou as costas, os funcionários da empresa de engenharia, da construtora Emsa, responsável por tocar as obras, começaram a correria para desligar as bombas e identificar o problema. No momento a elevatória está completamente parada e não há previsão para o término para conserto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara