MOVIMENTO DE MEIRELLES POR CANDIDATURA EM 2018 DIVIDE ALIADOS DO GOVERNO


Demonstrando cada vez mais sua pretensão de concorrer ao Planalto em 2018, Henrique Meirelles vem dividindo a opinião de seus próprios aliados; alguns dizem que, por mostrar que pretende faturar nas urnas os possíveis louros de uma eventual melhora da economia, ele pode se tornar alvo de retaliação política e prejudicar a aprovação de medidas

247 - A decisão do ministro Henrique Meirelles (Fazenda) de vestir o figurino de pré-candidato ao Planalto dividiu opiniões. Aliados dizem que, por mostrar que pretende faturar nas urnas os louros da melhora da economia, ele pode se tornar alvo de retaliação política e prejudicar a aprovação de medidas.

Os maiores entusiastas da nova faceta de Meirelles estão no mercado financeiro. Ele tem sido estimulado por agentes com o discurso de que é bom ter um nome com perfil técnico posicionado na corrida eleitoral.

As informações são da coluna Painel da Folha de S.Paulo.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

VEREADORES MARLOS MELO E DEOMEDES BRITO ANUNCIAM APOIO À PRÉ CANDIDATURA DO DEPUTADO DIOGO MORAES

Recorde de frio põe Taquaritinga do Norte entre as 20 cidades mais frias do Norte/ Nordeste neste domingo, 20 de maio

Centro de Santa Cruz do Capibaribe recebe pavimentação asfáltica