PARA FUGIR DE VAIA, TEMER NÃO IRÁ AO ENCERRAMENTO DA RIO 2016



Interino decide não correr nenhum risco antes da votação final do impeachment no Senado; depois de receber uma vaia de 105 decibéis na abertura das Olimpíadas, que repercutiu no mundo inteiro, chamando a atenção para o golpe brasileiro de 2016, Michel Temer quer evitar novas manifestações contrárias no dia 21, pouco antes da segunda votação no Senado; apesar da censura que o COI tentou impor, Rio 2016 tem sido marcada por protestos que pedem Fora Temer

247 - O presidente interino, Michel Temer, decidiu não participar da cerimônia de encerramento das Olimpíadas. Em virtude da fase final do processo de impeachment no Senado Federal e das vaias que sofreu durante a abertura dos Jogos, Temer decidiu não participar da festa com receio de mais desgaste a sua imagem. 

Em decorrência da desistência de Temer, o Palácio do Planalto pediu ao Ministério de Relações Exteriores um levantamento sobre o protocolo de presença na cerimônia. A resposta do Palácio do Itamaraty foi que não é comum o comparecimento de chefes de estado no evento de encerramento. 

Com isso, o governo brasileiro terá que encontrar uma alternativa para promover o encontro bilateral entre Temer e o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, que estará no Rio de Janeiro para a cerimônia. Caso o primeiro-ministro não consiga se deslocar para a capital federal, o peemedebista poderá viajar para o Rio de Janeiro, mas apenas para participar do encontro.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

MENDONÇA FILHO VOLTA A SER ESCRACHADO: ‘XÔ, GOLPISTA’

VEREADORES MARLOS MELO E DEOMEDES BRITO ANUNCIAM APOIO À PRÉ CANDIDATURA DO DEPUTADO DIOGO MORAES

Recorde de frio põe Taquaritinga do Norte entre as 20 cidades mais frias do Norte/ Nordeste neste domingo, 20 de maio

Centro de Santa Cruz do Capibaribe recebe pavimentação asfáltica