Corpo de professor é encontrado em decomposição em matagal



GARANHUNS: Foi localizado no final da tarde desta quarta-feira (29), no sítio Aguazinha, município de Garanhuns, o corpo do professor de Educação Física, Edelson Cruz de Lima, de 55 anos, que trabalhava no Sesc/Garanhuns como Coordenador de Esportes. Devido ao avançado estado de decomposição que o corpo apresenta a polícia civil ainda não confirmou se realmente é o professor Edelson, mas familiares e amigos que estiveram no local reconheceram o corpo. Um óculo semelhante ao que o professor usava foi encontrado próximo do corpo, um par de sandálias também estava ao lado.


O corpo do professor estava dentro de um matagal em local de difícil acesso, com as mãos amarradas em cima do abdômen, por uma corda, de camisa e cueca. Não foi possível identificar como ele foi morto, possivelmente pancadas, por apresentar hematomas pelo corpo, mas não se pode descartas a possibilidade de disparos de arma de fogo. O corpo foi encaminhado para o IML de Recife para ser esclarecida a causa da morte.

 



O cadáver foi localizado por moradores do local que procuravam seus animais que haviam desaparecido, quando sentiram um forte odor vindo de dentro do mato, os mesmo foram verificar e perceberam que era um corpo. A Delegada Drª Débora Bandeira, de plantão na 18ª DESEC, foi ao local juntamente com sua equipe e realizou o levantamento cadavérico. Policiais militares e efetivo do IML também estiveram no local. A Polícia Civil já havia confirmado na tarde de terça-feira (29), que o carro modelo Polo hatch preto encontrado queimado no sítio Varzinha, na zona rural de Angelim, era mesmo o carro do professor.

(Por Blog Agreste Violento / o Povo com a Notícia)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara