"Paulo Câmara é o grande maestro da Frente Popular", diz Diogo Moraes

Deputado afirmou que a escolha do candidato a governador da Frente Popular será feita exclusivamente por Paulo Câmara


Em recente conversa com o repórter Jairo Gomes, o deputado estadual Diogo Moraes comentou um pouco sobre as eleições deste ano, mais especificamente sobre o nome que será escolhido como representante da Frente Popular para disputar a sucessão de Paulo Câmara. Segundo Diogo, o nome será escolhido diretamente pelo atual governador, mas garante que ele será do PSB.

"Nosso candidato será do PSB. Isso já está decidido inclusive com o PSB nacional e com o PT nacional. Conversamos recentemente com o presidente Lula, que vai acatar a decisão do PSB de Pernambuco, e estamos bem adiantados no âmbito nacional. Estamos ajustando as ideias com o PT em alguns estados, como São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, mas a grande maioria já decidiu onde o PSB apoia PT e vice-versa", afirmou. "Estamos ajustando para que o presidente Lula tenha a maior folga dentro de outras frentes e coligações, para que assim possamos ganhar as ruas. Isso logicamente passa por um grande partido que é o PSB, e se fizermos a coligação, que estamos a passos largos de fazer, junto ao PT e PCdoB e possivelmente a Rede, poderemos oferecer a Lula a governabilidade do Brasil. Nessa conta, podemos ter 150 ou 180 deputados federais, o que é muito importante para a governabilidade do Brasil, para que possamos colocá-lo de volta no caminho do desenvolvimento."

O deputado também deixou claro que todo esse trâmite passa pelas lideranças de Lula no âmbito nacional, e de Paulo Câmara no âmbito estadual, que além da parte política, vem trazendo diversas ações e obras em todo o Estado. "O governador tem feito o plano de retomada para gerar emprego e renda, e sobretudo nas áreas de educação e infraestrutura hídrica. São R$ 5,6 bilhões em investimentos em 2021 e 2022. Posso inclusive elencar várias obras que estão sendo e serão feitas, principalmente na nossa região. Na educação, temos duas novas escolas sendo construídas, uma em Pão de Açúcar e outra em Santa Cruz, temos a PE 156 e 159 para o Pará e Barra de São Miguel, temos a adutora do Alto Capibaribe que já está sendo feita, além de outra entre o bairro Pedra Branca e o São Miguel, para fornecer água para os bairros mais distantes, e ainda temos a cobertura da Central de Feiras, que vamos licitar agora em março para começar no mês de julho. É muito trabalho que não vamos perder tempo com discussões bobas e pequenas aqui em Santa Cruz", frisou. "Com isso, acho que esse caminho da união com Lula e a Frente Popular para a decisão do candidato, sendo da vontade de Paulo Câmara, nos renderá um nome que poderá seguir os passos do que vem sendo feito, que vai continuar o Plano de Retomada do jeito que ele deve ser feito".

Ao ser perguntado sobre a decisão do atual governador de não disputar uma vaga ao senado, Diogo demonstrou apoio ao aliado. "Isso mostra que Paulo Câmara preza e zela pela população. Se ele pensasse somente em si, ele iria pro senado e seria eleito com o apoio de Lula. Mas ele quer pegar o último ano de mandato e deixar o Plano de Retomada no ponto que ele de fato deseja, e a capacidade que a atual equipe do Governo tem é invejável. Isso é uma demonstração de amor a Pernambuco, onde ele vai terminar o que está sendo bem feito para entregar ao seu sucessor. Claro, nós queríamos que ele fosse para o senado, que é um importante papel, mas respeitamos a decisão de Paulo e, quem sabe, num possível governo Lula ele não se torne um Ministro para continuar fazendo o que faz por nosso estado", concluiu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

'Chocante é o apoio à tortura de quem furta chocolate', diz advogado que acompanha jovem chicoteado

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre