"Não podemos deixar de trazer ações de emprego e renda, mesmo na pandemia", diz Governador Paulo Câmara

Governador Paulo Câmara

Arcoverde- Em entrevista ao blogueiro Jairo Gomes neste final de semana, o Governador de Pernambuco Paulo Câmara falou sobre algumas das ações do Plano Retomada que foi iniciado em agosto nas diversas regiões do estado. Paulo destacou que algumas dessas ações, especialmente as envolvendo emprego e renda, já estavam nos planos, mas tiveram que ser postergadas para priorização do combate a pandemia.

"Agora estamos prontos e preparados para retomar essas ações que trarão desenvolvimento para essa região. Temos a recuperação da PE-270 e da PE-300, além da estrada de Inajá até Ibimirim e a que liga Arcoverde ao Distrito de Ipojuca. Estamos preocupados com o desenvolvimento do Sertão, e assim iremos melhorar o aeroporto da cidade, além de ampliar os serviços da saúde, e instalar uma nova unidade do IML, para que a população tenha todos a atenção necessária tanto em vida quanto após ela", disse.

O governador também destacou algumas das parcerias para as questões sociais. "Estamos iniciando o projeto de reabertura da cozinha comunitária para beneficiar as pessoas que tanto necessitam de alimentação. Além disso, vamos iniciar o projeto ComPaz, que é um centro de prevenção já utilizado no Recife que tem como principal objetivo evitar o acesso dos jovens as drogas, não só aqui em Arcoverde como em toda região."

Questionado sobre o volume de obras anunciadas, Paulo Câmara deixou claro que isso é fruto de um planejamento que vem desde antes da sua reeleição em 2018. "É um compromisso nosso de retomar os empregos que a crise tirou, crise essa que não se iniciou agora, mas em 2015. Muitas dessas obras teriam sido realizadas em 2020, mas infelizmente, com a pandemia, tivemos que segurar os investimentos, pois não sabíamos o grau que essa situação iria tomar no Estado, mas conseguimos dar a volta por cima. Agora, chegou o momento de iniciar a retomada, e vamos atrás de gerar emprego e renda através de parcerias com os municípios".

Por fim, o governador comentou sobre as bravatas proferidas contra sua gestão durante a crise da Pandemia, sobretudo as que vieram de Brasília. "Temos que ter responsabilidade com o povo. Esse momento exige seriedade e pé no chão, e Pernambuco dá exemplo disso. A população quer que a gente trabalhe e não faça confusão, coisa que o presidente da república insiste em fazer. Mas não podemos deixar que isso chegue a Pernambuco. Só vamos conseguir avançar com a unidade entre o povo, os prefeitos e parlamentares em busca de desenvolvimento."

Edição- Jorge Luis
Reportagem- Jairo Gomes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

Em 2020, Governo Bolsonaro gastou R$ 15 milhões em leite condensado