Desejos de um cristão

Uma coisa pedi ao Senhor e a buscarei: Que eu possa morar na casa do Senhor, todos os dias da minha vida. Salmo 27.4.

Temos ouvido muitos cristãos reclamarem porque não podem estar na casa de Deus por conta da pandemia. Faz 90 dias que não há cultos nos muitos templos, como antes. Com certeza isso causa uma certa expectativa, um certo desejo, uma verdadeira fome por estar  na casa de Deus.
Mas nos preocupa uma coisa: Porque muitos desses, que agora estão a reclamar, tão desejosos por estarem nos cultos, eram tão omissos antes da pandemia, porque havendo tanta liberdade, só apareciam nos cultos aos domingos? Será que há um desejo verdadeiro pelas coisas de Deus?
Alguns cristãos só iam à igreja uma vez por ano, outros mensalmente em cultos de Santa ceia, outros são semanais, os domingueiros, porém outros vão todos os dias e, se possível, pela manhã, tarde e noite.
O salmista desejava não somente ir, mas morar na casa de Deus.
Seria bom que todo cristão revesse seus conceitos acerca da casa de Deus e não somente ficasse reclamando por algo que nunca teve desejo verdadeiro.

O salmista conhecia os benefícios em estar na casa de Deus.
  • É o lugar que contemplamos a formosura do Senhor. Sl 27.4
  • É um lugar de meditação. Sl 27.4
  • É o lugar onde nos ocultamos em Deus. Sl 27.5
  • É o lugar onde Deus nos acolhe. Sl 27.5
  • É o lugar onde estaremos firmes sobre a Rocha. Sl 27.5
  • É o lugar onde Deus nos exalta. Sl 27.6
  • É o lugar onde Deus nos dá vitórias. Sl 27.6
  • É o lugar onde ofertamos ao Senhor nossa gratidão. Sl 27.6
  • É o lugar onde adoramos ao Senhor. Sl 27.6
Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor. Salmo122.1.

Evang. Dário Gomes de Araujo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em novo caso de nudez, corredora sai pelada em Porto Alegre

CICLISTAS SANTA-CRUZENSES DE MALAS PRONTAS PARA NOVOS DESAFIOS