Palavras que edificam

Sua meditação diária na Palavra de Deus

Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para as más. Queres tu, pois, não temer a autoridade? Faze o bem, e terás louvor dela. Porque ela é ministro de Deus para teu bem. Mas, se fizeres o mal, teme, pois não traz debalde a espada; porque é ministro de Deus, e vingador para castigar o que faz o mal. Romanos 13:3-4.

Este texto no Novo Testamento retrata  a visão bíblica acerca das autoridades, somente aos que exercem a autoridade é dado o direito de defesa a vida.

Jesus nunca incitou alguém a reagir ou fazer justiça pelas próprias mãos, ele disse:

Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra; E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa; E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas. Mateus 5:38-41.

Se lançarmos mão de versículos da lei para afirmarmos que um ladrão deve ser morto, que um delinquente deve apanhar em público e ser linchado, então devemos também nos lembrar que a lei manda apedrejar os adúlteros, pagar o débito que se deve com o trabalho escravo dos filhos e etc. Porque se nos basearmos na lei somente para justificar o que queremos, então devemos saber que a lei é completa e muito rígida e diante dela ninguém escapa: Nem eu , nem você.

Jesus nunca incitou à violência e não compete a um cristão, por mais justo que seja, decidir o que fazer com os que erram, para isso existe a justiça e ela é a única autoridade dada por Deus para fazer valer o direito humano.

O ladrão, o assassino, o delinquente devem ser levados diante dos magistrados  e estes decidirão o que deve ser feito a aqueles conforme o que rege a lei civil.
Para nós basta o que está escrito:

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei; e o Deus de paz será convosco. Filipenses 4:7-9.

Evang. Dário Gomes de Araújo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreata da Frente Popular lota as ruas de Santa Cruz do Capibaribe em apoio à campanha de Paulo Câmara