Postagens

Mostrando postagens de Novembro 8, 2018

PF cumpre dez mandados de prisão contra deputados estaduais do RJ

Imagem
Eles são suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção do ex-governador Sérgio Cabral
Italo Nogueira Folha de São Paulo
RIO DE JANEIRO - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (8) a Operação Furna da Onça para prender dez deputados estaduais da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro envolvidos no esquema de corrupção do ex-governador Sérgio Cabral (MDB), preso há quase dois anos. Também são alvos um secretário da gestão Luiz Fernando Pezão (MDB) e um deputado federal eleito este ano pelo MDB.
Sete deputados estaduais são alvo pela primeira vez das investigações. Os demais são os deputados afastados Jorge Picciani, Paulo Mello e Edson Albertassi, todos do MDB, presos há quase um ano na Operação Cadeia Velha.

Jorge Picciani (PMDB), ex-presidente da Alerj, em 2017 - Chiba Yasuyoshi/AFP
Foram expedidos no total 22 mandados de prisão e 47 de busca e apreensão. As ordens foram emitidas pela 1ª Seção Especializada do TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região), foro especial …

Ciro Gomes promete dar trégua a Jair Bolsonaro

Imagem
Eliomar de Lima
O Povo online

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado na disputa presidencial, resolveu dar uma trégua ao futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL). Ao colunista Eliomar de Lima, do O POVO, ele disse que fará uma “oposição vigilante” e bem diferente daquela que adora “ver o circo pegar fogo”, numa alusão ao PT, com quem reitera não querer conversa sobre arco oposicionista a partir de 2019.
“Desejo muito que ele (Bolsonaro) acerte a mão, que ele possa fazer o melhor possível, porque o povo brasileiro está muito sofrido e, de nossa parte, vamos dar um tempo e cobrar na sequência”. Ciro fez questão de afirmar que quer uma oposição baseada em ideias e não no “caudilhismo corrupto e corruptor”.
Sobre fusão de ministérios, tem restrições. Considera “uma lenda” que, inclusive, foi buscada no governo de Temer. “É preciso diminuir as estruturas por onde se esvai o dinheiro público”, observou.
Ele considera a criação de um superministério da Economia um risco, pois entreg…

41 a 16: veja como votou cada senador no aumento do STF

Imagem
Por 41 votos a 16, senadores aprovaram aumento de salário para ministros do STF. Impacto anual nas contas públicas pode ultrapassar os R$ 5 bilhões. Veja como votou cada senador

Nesta quarta-feira (7), o Senado Federal aprovou o polêmico aumento de salário para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e Procurador-Geral da República (PGR).
Foram 41 votos favoráveis ao aumento e apenas 16 contrários. Segundo estimativa da Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle do Senado, o impacto do aumento será de pelo menos R$ 5,3 bilhões anuais no orçamento da União, levando-se em conta o “efeito cascata”.
Os ministros do Supremo, que hoje ganham R$ 33,7 mil por mês, passarão a receber R$ 39,2 mil. O efeito cascata terá desdobramentos na remuneração de outros órgãos da administração pública federal e estaduais.
Teto salarial do funcionalismo público, o aumento nos rendimentos de ministros do STF provocará um efeito-cascata nas contas públicas já a partir de 2019, quando a matéria pas…

PF cumpre 9 mandados de busca ligados a inquérito que investiga Romero Jucá

Imagem
Operação Armistício ocorre em São Paulo e faz parte de inquérito sobre guerra fiscal nos portos
Folha de São Paulo
A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (8) nove mandados de busca e apreensão no estado de São Paulo. A operação, batizada de Armistício, faz parte de inquérito que investiga o senador Romero Jucá (MDB-RR) por recebimento de propinas da Odebrecht.
O senador Romero Jucá (MDB-RR) durante entrevista exclusiva em seu gabinete, no senado federal - Pedro Ladeira - 11.out.2018/Folhapress
Os subornos teriam sido pagos em 2012, para que Jucá ajudasse a aprovar uma resolução do Senado que buscava restringir a guerra fiscal nos portos brasileiros. O texto unificava alíquotas de ICMS praticadas pelos estados, o que beneficiaria a Odebrecht.
Segundo a PF, os pagamentos indevidos, de R$ 4 milhões, teriam sido pagos pela empreiteira, “que tinha interesse na edição do ato”.
O caso foi delatado por três executivos do grupo. Os valores teriam sido entregues em espécie ao congressista. 

Delegada ‘não demonstrou interesse’ em cargo no Draco, diz SDS

Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Do Blog de Jamildo
O secretário de Defesa Social em exercício, Humberto Freire, afirmou nesta quarta-feira (7), em entrevista coletiva sobre o novo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco), que à delegada Patrícia Domingos foi oferecida a diretoria adjunta do órgão, mas ela “não demonstrou interesse”. A delegada chefiava a Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), extinta com a lei que criou o Draco.
A delegada especial Sylvana Lellis ficará à frente do departamento.
O subchefe da Polícia Civil de Pernambuco, Nehemias Falcão, disse ter falado com Patrícia Domingos.
Agora, deverá ser definida em que delegacia ela deverá atuar. Além disso, quem vai ocupar o cargo que seria dela no departamento.
Mais cedo, Patrícia Domingos foi entrevistada no programa Resenha Política e falou sobre o assunto. 
Extinção da Decasp
Sob protestos nas galerias e de deputados de oposição, a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) …

Extinção de delegacia pode levar oposição a federalizar casos de corrupção em Pernambuco

Imagem
Senador Armando Monteiro estranha pressa do governo e defende permanência da delegada Patrícia Domingos à frente dos inquéritos 

O senador Armando Monteiro (PTB) afirmou, nesta quarta-feira (7), que a extinção da Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), conhecida pelo combate à corrupção no Estado, é “muito estranha” e que a tramitação do projeto de lei, na Assembleia Legislativa, em regime de urgência, “não ouviu a população pernambucana” e gerou discordâncias entre setores da Polícia Civil do Estado, da sociedade e especialistas, que veem a medida como um retrocesso. Além de extinguir a Decasp, o projeto aprovado em poucas sessões pelo governo de Pernambuco, exclui também a Delegacia de Crimes contra a Propriedade Imaterial (Deprim).
"Eu considero algo muito estranho, que logo após as eleições, depois que algumas investigações e alguns inquéritos estão em curso e alcançaram figuras até ligadas a esse sistema dominante em Pernambuco, ao sistema de p…

VEREADORES ERALDO E JURANDI DENUNCIAM 'ELEFANTE BRANCO' EM TAQUARITINGA DO NORTE

Imagem
Eraldo de Pedra Preta e Professor Jurandi Tavares cobram providências para que a Agência da Previdência Social, da cidade de Taquaritinga do Norte, comece a funcionar, pois a população, em especial a mais carente, tem que se deslocar, as custas de sacrifícios, para outros municípios para ser atendida.

Senado aprova reajuste para ministros do STF; salário vai a R$ 39 mil

Imagem
Reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil
O reajuste para o STF foi aprovado por 41 votos a 16, com uma abstenção Foto:Nelson Jr./SCO/STF ABr
O Senado aprovou nesta quarta-feira (7) projetos de lei que concedem aumento aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao procurador-geral da República. O reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil e provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.
A proposta relativa aos membros do STF teve 41 votos favoráveis, 16 contra, e uma abstenção, após os senadores aprovarem, na tarde de ontem (6), a inclusão do texto na Ordem do Dia de hoje. Já o projeto do salário do procurador-geral da República foi aprovado de forma simbólica…