Postagens

Mostrando postagens de Novembro 7, 2018

PF é acionada para apurar ameaças a docentes da UFPE chamados de 'comunistas'

Imagem
Carta com citações nominais deixada na universidade diz que 'doutrinadores esquerdistas serão banidos'
João Valadares Folha de São Paulo
RECIFE - A reitoria da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) acionou a Polícia Federal e Ministério Público Federal nesta quarta-feira (7) para apurar ameaças a professores e alunos da instituição a partir de intolerância política.
O texto apócrifo, com ataques e citações nominais, deixado em alguns pontos na noite desta terça-feira (6) do Cfch (Centro de Filosofia e Ciências Humanas), diz que “doutrinadores esquerdistas serão banidos em 2019”.
Na carta, que causou apreensão no campus universitário, alunos e professores são chamados de “veados”, “comunistas”, “feminazis”, “invasores”, “prostitutas”, “degenerados" e “defensores de travecos”. 
Os professores mencionados abordam em suas aulas questões de gênero, políticas de drogas, desigualdades, violência e conflitos sociais.
A carta, conforme relato de professores, foi colocada inici…

Bolsonaro diz que vai incorporar Ministério do Trabalho a outra pasta

Imagem
Presidente eleito também falou no possível número de ministérios de seu governo: 'Talvez 17, é um bom número'
Matheus Lara, O Estado de S.Paulo
O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 7, que vai tirar o status de ministério do Trabalho. A pasta será incorporada a "outro ministério", disse em coletiva de imprensa em Brasília. Ele não deu detalhes sobre a mudança. 
"O Ministério do Trabalho vai ser incorporado a algum ministério", afirmou. Bolsonaro deu a declaração após cumprir agenda no Superior Tribunal de Justiça (STJ) com o juiz Sérgio Moro, seu futuro ministro da Justiça. Bolsonaro também falou no possível número de ministérios de seu governo. "Talvez 17, é um bom número", afirmou o presidente eleito. 
Jair Bolsonaro, presidente eleito do Brasil Foto: Dida Sampaio/Estadão
Na terça, 6, o futuro ministro-chefe da Casa Civil do governo Bolsonaro, Onyx Lorenzoni, ironizou críticas de centrais sindicais sobre o possível fim, …

STJ nega pedido de liberdade do prefeito do Cabo Lula Cabral

Imagem
Gestor está preso desde dia 19 do mês passado, na Operação Abismo, que investiga desvio de R$ 92,5 milhões da previdência do município
Por: Diario de Pernambuco
Foto: Julio Jacobina/DP/D.A Press
O prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, preso na Operação Abismo, suspeito de desviar R$ 92,5 milhões de recursos do instituto da previdência dos servidores do município, deve permanecer na prisão. O pedido de habeas corpus, solicitado por sua defesa, foi negado nesta terça-feira (6) pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília. O recurso foi julgado pela ministra Laurita Vaz. Lula Cabral foi preso pela Polícia Federal e está no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel) desde 19 de outubro. Além do prefeito, outras 20 pessoas foram presas na mesma operação. No dia 22 de outubro, outro empresário foi preso na operação.
A decisão do STJ ainda será publicada no Diario Oficial do STJ. Segundo a certidão, Lula Cabral responde na Justiça por corrupção passiva…

Senado vota de surpresa pauta de aumento para o STF

Imagem
Eunício surpreende colegas; relator diz que reajuste será 1ª pauta-bomba armada para Bolsonaro
Mônica Bergamo* Folha de São Paulo
O Senado Federal pode aprovar nesta quarta (7) projetos de lei que aumentam o salário dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) de R$ 33 mil para R$ 39 mil, mesmo valor que seria estabelecido para o cargo de procurador-geral da República.
Plenário do Senado Federal (centro) durante sessão deliberativa extraordinária no Senado na segunda-feira (5) - Edilson Rodrigues/Agência Senado
Os reajustes podem levar a um aumento cascata para juízes, procuradores, promotores e parlamentares de todo o país, no que seria a primeira pauta-bomba armada para o governo de Jair Bolsonaro, segundo o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES). 
"Não se trata de um busca-pé. É um míssil Exocet", diz ele. "O impacto nas contas públicas nacionais será de cerca de R$ 6 bilhões por ano. É uma covardia com o povo brasileiro", completa.
A proposta, que já tinha sido a…

Entenda o plano do governador do RJ de abater bandidos com armas pesadas

Imagem
Proposta de Witzel de morte sem confronto enfrenta entraves legais

Policiais do Bope fazem operação nesta terça (6) no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro -  Jose Lucena/Futura Press/Folhapress
Júlia Barbon FOLHA DE SÃO PAULO
RIO DE JANEIRO - Governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC)quer autorizar o “abate” de criminosos portando armas pesadas, como fuzis, ainda que não haja confronto com a polícia. A proposta tem sido difundida pelo ex-juiz desde o período eleitoral. 
Para pôr seu projeto em prática, Witzel afirma que vai treinar atiradores de elite para dispararem de helicópteros e comprar drones capazes de atirar.
Na prática, porém, a legalidade desse tipo de conduta não é clara. Além disso, o incentivo do governador à letalidade policial pode causar insegurança jurídica, uma vez que a competência para decidir se um agente agiu corretamente é do Ministério Público e do Judiciário, não do Executivo.
Abaixo, veja perguntas e respostas sobre o assunto.
O que o governador …

Democratas retomam Câmara e complicam mandato de Trump

Imagem
Até as 6h15 desta manhã, Partido Democrata havia conquistado 218 cadeiras contra 193 dos republicanos; no Senado, republicanos têm maioria
PortalTERRA

WASHINGTON - Os democratas retomaram o controle da Câmara dos Deputados nas eleições legislativas de 2018 ao ganharem as cadeiras necessárias em distritos nos quais o presidente Donald Trump é impopular. O Senado, no entanto, permanece nas mãos dos republicanos.
Pelos resultados parciais, os democratas haviam conquistado 219 cadeiras contra 193 dos republicanos. Para garantir a maioria da Casa, são necessários 218 assentos. No Senado, o Partido Republicano conseguiu 51 vagas contra 45 do Partido Democrata, o suficiente para manter a maioria.
Presidente dos EUA, Donald Trump, na Casa Branca 17/10/2018  REUTERS/Yuri Gripas - Foto: Yuri Gripas / Reuters
Na Câmara dos Deputados, os democratas conseguiram vencer em Estados-chave, como Virgínia, Flórida, Pensilvânia e Colorado, de acordo com as emissoras Fox e NBC. Já os republicanos consolidar…