Bolsonaro tem 59% dos votos válidos contra 41% de Haddad, diz Datafolha

O capitão reformado e o ex-prefeito de SP oscilaram um ponto percentual em relação à pesquisa da última semana

EXAME

Bolsonaro e Haddad: (Montagem/EXAME)

São Paulo — No Datafolha desta quinta-feira (18), o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) aparece com 59% dos votos válidos, contra 41% de seu adversário, Fernando Haddad (PT).

Na semana passada, o pesselista tinha 58% e o petista, 42%. Os votos válidos excluem os brancos, nulos e indecisos.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O índice de confiança é de 95%.

Na conta dos votos totais, o capitão reformado tem 50% das intenções e o ex-prefeito de SP, 35%. Os brancos e nulos são 10% e os indecisos, 5%.

Na rejeição, Bolsonaro tem 41% e Haddad tem 54%.

O Datafolha ouviu 9.371 eleitores entre os dias 17 e 18.

Denúncia de hoje

Nesta quinta-feira, a Folha de São Paulo noticiou que ao menos 4 empresas pagaram para disparar mensagens em massa no WhatsApp de apoio ao líder nas pesquisas, Bolsonaro, e críticas ao PT. A prática, segundo a reportagem, é ilegal.

Durante a tarde, dois pedidos de investigação foram protocolados na Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE). O Ministério Público Eleitoral (MPE) afirmou que vai apurar as denúncias. É esperado que outras representações sejam apresentadas diretamente ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O PDT também afirmou que prepara uma ação para pedir à Justiça Eleitoral a nulidade das eleições deste ano após as denúncias, afirmou nesta quinta-feira o presidente nacional do partido, Carlos Lupi.

Durante uma coletiva de imprensa, no Rio de Janeiro, a campanha do capitão reformado disse que desconhece o esquema e criticaram o adversário petista, a quem devem processar.

A coordenadora jurídica da campanha Karina Kufa, afirmou que notificará as empresas citadas na reportagem da Folha para que se expliquem acerca da denúncia de supostas ações ilegais.

Postagens mais visitadas deste blog

ZÉ ELIAS CONCEDE ENTREVISTA E FALA SOBRE O MOMENTO DIFÍCIL QUE ESTÁ PASSANDO

EDILSON TAVARES, UM OUTSIDER QUE DEU CERTO