Senadores discutem hoje a reforma trabalhista; votação foi adiada para a próxima terça

Samanta do Carmo
Rádio Agência Nacional

FOTO JONAS PEREIRA - AGÊNCIA SENADO

A sessão do plenário do Senado deve ser aberta nesta quarta-feira (5) às 14h para que os senadores possam debater a proposta de reforma das leis trabalhistas.

A discussão deve seguir até as 22h e será retomada na quinta-feira (6).

Na noite desta terça-feira (4), os senadores aprovaram por 49 votos favoráveis e 16 contrários o pedido de urgência para que a reforma seja o primeiro item da pauta na próxima semana.

Com o pedido de urgência aprovado, a votação já poderia ocorrer nesta quarta (5), como havia anunciado o líder do governo no Senado, senador Romero Jucá, há alguns dias, mas houve um acordo entre base e oposição para que a votação definitiva ocorra apenas dia 11 de julho, próxima terça-feira.

Por meio de seu porta-voz, o presidente Michel Temer comemorou a aprovação do pedido de urgência e disse que a votação expressiva demonstra o comprometimento da base aliada com as medidas propostas pelo governo para modernizar o país.

O projeto de lei da reforma trabalhista já passou pela Câmara dos Deputados e caso seja aprovado na próxima semana, será enviada para sanção presidencial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Gabarito preliminar das provas do Concurso Público da Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe

SETE GOVERNADORES ENCARAM TEMER E DIZEM NÃO A PEDRO PARENTE