Postagens

Mostrando postagens de Julho 14, 2017

PARENTES E AMIGOS DÃO O ÚLTIMO ADEUS A SEU HELENO

Imagem
Heleno Teodósio, 77 anos, faleceu ontem (13) e foi enterrado nesta sexta-feira no Cemitério São Judas Tadeu, em Santa Cruz do Capibaribe.
Ele era conhecido por quase todos no município, pois era ele quem empurrava a carreta da funerária na maioria dos enterros acontecidos, nos últimos anos.
Ele que fez isso durante toda a vida, hoje fez sua última viagem. Desta feita carregado por muitos amigos.

Reforma oficializa fraude, diz procurador-geral do Trabalho

Imagem
Da Folha de São Paulo Geraldo Magela/Agência Senado  O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, durante audiência pública no Senado
LAÍS ALEGRETTI TALITA FERNANDES DE BRASÍLIA
A reforma trabalhista sancionada pelo presidente Michel Temer nesta quinta (13) beneficia os maus empregadores e institucionaliza fraudes praticadas hoje, na avaliação do procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury.
Ele critica a falta de debate sobre a reforma trabalhista no Congresso Nacional e diz que o Brasil "ainda tem uma cultura escravocrata".
Para ele, a redução de processos trabalhistas deve se dar pela melhoria na fiscalização. Se isso ocorrer, segundo Fleury, "talvez nem precisasse da Justiça do Trabalho".
Folha - Por que o MPT pediu ao presidente Michel Temer o veto total à proposta? Ronaldo Fleury - A tramitação sem a devida discussão mostra que há um deficit democrático no debate. Além disso, todas as propostas ali estão redigidas para beneficiar o mau empregador, sempre de…

APÓS VENCER NA CCJ, TEMER QUER DEMITIR "TRAIDORES" TUCANOS

Imagem
Depois de vencer na CCJ, Michel Temer quer retribuir o apoio do Centrão e punir os infiéis do PSDB; Temer vai redistribuir para o Centrão cargos que hoje estão nas mãos do PSDB; negociação tem sido em torno principalmente de dois ministérios hoje ocupados pelo PSDB: Cidades e a Secretaria de Governo; nesta semana, PP, PR, PSD e PR fecharam questão para votarem pelo não seguimento da denúncia contra Temer; já os tucanos, por outro lado, liberaram a bancada e têm ameaçado deixar o governo
247 - Michel Temer pretende ampliar o espaço dos partidos do chamado Centrão no governo como retribuição ao apoio que recebeu na tentativa de derrubar a denúncia na Câmara. A negociação tem sido em torno principalmente de dois ministérios hoje ocupados pelo PSDB: Cidades e a Secretaria de Governo.
Nesta semana, PP, PR, PSD e PR fecharam questão para votarem pelo não seguimento da denúncia contra Temer. Por outro lado, o PSDB, até agora principal aliado do governo, liberou a bancada e tem ameaçado dei…

NESTE SÁBADO (15) TEM SANTA CRUZ ANTIGA, NA RUA GRANDE, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Imagem