Relatório do TCE confirma paralisia do governo Paulo Câmara, diz Silvio


O relatório do Tribunal de Contas do Estado, apontado a existência de 1.547 obras paradas em Pernambuco, revela a paralisia do Governo Paulo Câmara e confirma o que a Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vem denunciando desde o início da atual gestão.

Muitas das obras listadas pelo TCE foram visitadas in loco pela oposição, durante as agendas do Pernambuco de Verdade, a exemplo das como as barragens do sistema de prevenção de enchentes da Zona da Mata Sul; a construção do Hospital da Mulher de Caruaru; UPAE de Palmares; CASE da Funase em Arcoverde; Complexo da Polícia Científica de Caruaru; BR-101; Corpo de Bombeiros de Arcoverde e de Serra Talhada e a Navegabilidade do Rio Capibaribe; entre outras.

Para o deputado Silvio Costa Filho (PRB), a avaliação do presidente do TCE, Carlos Porto, sintetiza a situação do Estado. “Como disse o presidente do TCE, o povo pernambucano termina penalizada duas vezes, pois fica sem os serviços e ainda paga a conta do desperdício dos recursos públicos”, endossou.

Além das obras, a oposição identificou também problemas graves no sistema público de saúde, na segurança pública e na distribuição de medicamentos. Das visitas, os deputados da Oposição apresentaram uma série de pedido de informação ao Governo do Estado sobre a situação de cada obra e serviço prestado à população de maneira precária. “A Bancada de Oposição vai agendar uma visita ao presidente do Tribunal, Carlos Porto, para apresentar o relatório do Pernambuco de Verdade e discutir uma agenda conjunta de fiscalização dessas obras”, adiantou o parlamentar.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA