TEMER NÃO DESISTIU DE PRIVATIZAR A CHESF, ADVERTE LAURA GOMES


O Governo Federal desistiu de enviar Medida Provisória ao Congresso para a privatização do Sistema Eletrobrás, incluindo a CHESF. O recuo de Temer parece um passo atrás para dar dois passos adiante. Embora desautorize a suspeita pressa do Ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho, nada indica que jogar o problema para 2018, por meio de Projeto de Lei, signifique uma vitória final da Frente Parlamentar de Pernambuco, contra a privatização. Esse é o entendimento da deputada Laura Gomes

Na visão da socialista, integrante da Coordenação da Frente, na ALEPE, “Assim como nós nunca iremos permitir o aumento da conta de luz para pagar a entrega das águas do São Francisco a grupos privados, eles, os vendedores do patrimônio do povo brasileiro, também não vão desistir”

Para a deputada de Caruaru, “a mudança de encaminhamento é só uma manobra esperta”. E reforça: “vamos aproveitar o tempo dilatado para intensificar e ampliar nossa luta. Não deixaremos o patrimônio do povo ser vendido a preço vil, como foi o caso do leilão do petróleo do Pré-sal”.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

FAMILIARES E AMIGOS SE DESPEDEM DO RADIALISTA AGNALDO SILVA

PARA RECORDAR. MATÉRIA QUE FIZ COM AGNALDO SILVA EM 2014

Deputado fala sobre necessidade de movimento jurídico para barrar privatização da Eletrobras

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA

PRUDÊNCIO GOMES: "ESTOU À DISPOSIÇÃO DO POLO DE CONFECÇÕES"