Tadeu: “Governo admite até trabalho escravo para se livrar de investigação”


Brasília - Para o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) o governo Michel Temer usa o poder de forma perversa para tentar livrar o Presidente da República das investigações sobre as denúncias de crime de obstrução de justiça e organização criminosa. “O governo aceitou flexibilizar até o trabalho escravo para angariar votos e agradar deputados, para se livrar da investigação. Felizmente, a decisão da Ministra Rosa Weber, do STF, impediu tamanha insensatez", afirma.

Segundo Tadeu, as manobras feitas pelo Governo Federal estão sendo acompanhadas atentamente pela sociedade e a desaprovação quase unânime ao Governo Temer é reflexo do repúdio da população ao uso indevido do Poder. “O governo está sequestrando a cidadania para livrar o Presidente. Há uma clara tentativa de troca de votos até por trabalho escravo”, constata o parlamentar.

Tadeu reafirma que votará favoravelmente à abertura das investigações nesta quarta-feira (25) e diz que é hora da população ficar atenta à posição de cada deputado, para que se faça a devida cobrança ao parlamento brasileiro. 

“Não aceitar que estas graves denúncias sejam esclarecidas significa que estaremos interditando a verdade, proibindo o esclarecimento das suspeitas que pairam sobre o cargo mais importante do País”, reforça.

Crédito da foto: Chico Ferreira/PSB na Câmara dos Deputados

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Diogo Moraes receberá os governadores Paulo Câmara e Ricardo Coutinho para assinatura da autorização da licitação da Adutora do Alto Capibaribe

Governador decreta luto oficial e destaca trajetória de vida de Armando Monteiro Filho

Diogo Moraes: Lula sairá mais fortalecido de julgamento

TEOBALDO DESTINA AMBULÂNCIAS PARA 03 CIDADES DO POLO DE CONFECÇÕES DO AGRESTE