Para Lula Cabral, Paulo tem até janeiro para resolver a questão da segurança

Prefeito do Cabo avalia que se passar desse prazo, o problema pode se refletir na reeleição

Do Blog da Folha

Prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PSB)Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

Integrante do partido do governador Paulo Câmara, o prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, afirmou que a questão da segurança pública pesará na disputa do próximo ano. Apesar de dizer que está focado na sua gestão, Lula Cabral avaliou ainda que a mudança na Casa Civil pode não ter sido a melhor solução, que o senador Fernando Bezerra Coelho está no “papel dele” de articular uma candidatura e acrescentou que, se for convocado a opinar, defenderá o nome do deputado estadual André Ferreira (PSC) para uma das vagas no Senado na chapa governista.

“Se ele resolver a questão da segurança, e parece que ele vai resolver, ele vai resolver o problema dos partidos aliados. Temos outubro, novembro e dezembro. Se até janeiro não resolver, eu vejo uma dificuldade grande”, afirmou o prefeito, em entrevista à Rádio Folha FM 96,7.

Lula Cabral acrescentou que até as eleições do próximo ano, serão necessárias costuras, “que só quem sabe fazer é a política”.

“Ele (Paulo) é um técnico experimentado. Colocou uma pessoa ligada a Danilo Cabral na Casa Civil. Não sei até onde os deputados e os prefeitos aceitarão, se ele vai conduzir melhor que (Antônio) Figueira conduziu. Desejo muita sorte a Nilton. Agora o que escuto é que há uma ciumeira grande de parte da Assembleia, já que ele é deputado estadual. Ora, ele tá tomando conta ali dos prefeitos, ele tem todo o mapeamento da política pernambucana e certamente se beneficiará. Isso é o que escuto na Assembleia”, pontuou.

SENADO

Sobre a composição da chapa para o próximo ano, Lula Cabral defendeu que uma das vagas para o Senado deva ser ocupada pelo deputado estadual André Ferreira, por uma parcela consolidada do eleitorado, que é o segmento dos evangélicos.

“Hoje, 43% dos eleitores são evangélicos. E esse pessoal é fiel. E há essa lacuna. Então quando a gente vê o nome de André Ferreira no meio evangélico, se todas as igrejas estiverem juntas, é um fortíssimo candidato a uma das vagas para o Senado. Pode contar com meu apoio e torço muito para que ele seja. Agora, tudo isso depende da conjuntura”, avaliou o gestou.

De acordo com ele, se precisar, ele vai defender o nome de André Ferreira junto ao governador.

“Defenderei com o governador Paulo Câmara com o maior prazer o nome de André Ferreira. É um excelente quadro: é deputado, tem o segmento evangélico, é presidente do PSC, o irmão dele é prefeito de Jaboatão, o cunhado, Fred, é vereador do Recife, tem um nome e um segmento fiel. É um nome muito melhor do que muitos que estão por aí”, disse Lula.

Lula Cabral acredita que o senador Fernando Bezerra Coelho está no papel dele, de construir uma alternativa ao governo do PSB.

"Acho que ele (FBC) foi esquecido na montagem do Governo Paulo Câmara lá atrás e agora está buscando os seus caminhos. Ele sempre teve o sonho de ser candidato a governador. Pensava que seria candidato na sequência de Eduardo Campos, não conseguiu. Eduardo optou por um técnico, uma pessoa mais próxima, que foi o doutor Paulo câmara. Agora (FBC) está num grande partido, no partido do presidente da República, no PMDB, e tem o apoio de mais três ministros, não sei se o Raul Jungmann também está inserido. Mas pelo menos o Mendonça Filho e o Bruno Araújo têm dado demonstração de que seguirão com Fernando Bezerra. Doutor Armando Monteiro também está nesse caminho. Agora, entre Armando Monteiro e Fernando bezerra Coelho sairá o candidato a governador. Acho que oposição está no papel dela”, acrescentou Lula Cabral, que também foi recebido pelo diretor-executivo da Folha de Pernambuco, Paulo Pugliesi, pelo diretor operacional, José Américo Góis.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA