Justiça manda governo iniciar obras na PE-145 em um mês



Do Blog de Jamildo

Foto: Cortesia

A pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a Justiça estadual concedeu uma liminar mandando o Governo de Pernambuco fazer a licitação para iniciar as obras de recuperação na PE-145, no Agreste, em até 30 dias. A estrada corta os municípios de Caruaru, Brejo da Madre de Deus e Jataúba.

Através do programa Pernambuco em Ação, o governador Paulo Câmara (PSB) autorizou o projeto no fim de julho. O orçamento previsto era de R$ 282.017,56.

Sem obras, porém, o promotor de Justiça Antônio Rolemberg ajuizou ação civil pública em setembro para pedir as obras. Ele afirma que a estrada está em situação “deplorável” e que os reparos só são feitos no período da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém, em Brejo da Madre de Deus. A estrada é a única asfaltada de Caruaru ao município.

“Cuida-se de obrigação das mais básicas do Poder Público, que tem o dever de traçar um plano de reestruturação da malha rodoviária, fazendo cessar o quadro de irregularidades que a circundam, na medida em que o pavimento asfáltico está permeado por inúmeros buracos de considerável extensão e profundidade, que inclusive já redundou em mortes”, afirma a decisão da Justiça, publicada na última sexta-feira (13).

O prazo de conclusão é de 90 dias, prazo que se não cumprido sem justificativas do governo, poderá render multa diária de 20 salários mínimos.

Além das obras de recuperação, o Departamento de Estradas e Rodagem do Estado de Pernambuco (DER-PE) deverá instalar placas a cada dez quilômetros informando os motoristas sobre a existência de buracos e de animais na rodovia.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

FAMILIARES E AMIGOS SE DESPEDEM DO RADIALISTA AGNALDO SILVA

PARA RECORDAR. MATÉRIA QUE FIZ COM AGNALDO SILVA EM 2014

Deputado fala sobre necessidade de movimento jurídico para barrar privatização da Eletrobras

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA

PRUDÊNCIO GOMES: "ESTOU À DISPOSIÇÃO DO POLO DE CONFECÇÕES"