Raquel Lyra entrega carta e solicita mais segurança para Caruaru

Segundo a prefeita, na manhã desta quarta, o município chega a 207 homicídios somente neste ano de 2017

Do Blog da Folha

Prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), entregou documento no Palácio do Campo das Princesas Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Na mesma manhã em que a bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) protocolou um ofício solicitando apoio da Força Nacional no Estado, a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), apresentou ao Governo do Estado a “Carta de Caruaru”, que elenca ações de apoio ao plano municipal ‘Juntos pela Segurança’, lançado na terça-feira (19), na cidade do Agreste. 

No documento, há pedidos como melhoria na estrutura para funcionamento dos órgãos operativos da Secretaria de Defesa Social (SDS), transformação do 4º BPM para atendimento exclusivo para o município, estruturação de atendimento e despacho de emergência 190 e funcionamento em Caruaru, implantação de mais uma delegacia de plantão e outras de crimes de menor potencial ofensivo, e outra de proteção à criança e o adolescente. Além do pedido para que a Delegacia da Mulher funcione em tempo integral.

“A gente quer buscar devolver a paz para o nosso município. Caruaru hoje de manhã chega a 207 homicídios somente neste ano de 2017. Nós estamos buscando fazer a nossa parte, mas o Governo do Estado de Pernambuco precisa enxergar Caruaru com mais objetividade e clareza, com ações concretas que possam devolver a paz social para o nosso município. E a gente elenca a Carta de Caruaru, assinada por diversos segmentos da sociedade aqui representados, pelos vereadores da nossa cidade”, afirmou a prefeita. 

De acordo com a tucana, a Prefeitura vem solicitando ações desde o início do ano. “Mas agora está de maneira muito mais clara exposta pela sociedade inteira, que assinou a Carta de Caruaru, que esteve ontem com a gente no lançamento do plano Juntos pela Segurança, que está hoje aqui, no Palácio, exigindo ações imediatas do Governo do Estado”, explicou. 

Segundo a gestora, a Carta também será destinada ao presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Leopoldo Raposo, ao presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa (PDT), e ao procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu, “para que todos possam juntos lutar pela devolução da paz social” no município. 


Projeto FEM


A prefeita de Caruaru ainda foi questionada sobre o Projeto de Lei Ordinária que transfere 10% dos recursos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) para a segurança pública. Raquel Lyra defendeu que seja destinado “dinheiro novo” para a área em questão. A proposta é de autoria do deputado estadual Aluisio Lessa (PSB).

A tucana falou do lançamento do plano municipal e dos recursos que estão sendo despendidos. “Agora, destinar 10% de um dinheiro que já é nosso. Não tem dinheiro novo nessa história. Precisamos de dinheiro novo. É claro que precisa haver uma discussão local, estadual para ação efetiva do Estado nos municípios e uma discussão nacional para que exista dinheiro novo para os municípios lidarem com a questão da segurança pública. Esse projeto de lei restringe a liberdade que o prefeito tem de destinar recursos que seriam utilizados livremente. Gostaria muito que o deputado Aluisio Lessa e toda a Assembleia Legislativa pudesse trabalhar por mais recursos da segurança pública dos municípios ou fortalecimento da segurança no Estado de Pernambuco. E não por separar dinheiro que já é nosso para destinar especialmente para a segurança algo que nós já estamos fazendo”, afirmou. 

Com informações de Thiago Cabral, da Folha de Pernambuco.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

ERNESTO E CARLINHOS DENUNCIAM MAUS TRATOS AOS ANIMAIS EM CURRAL PÚBLICO DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

PROJETO PARA QUE AS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE TENHAM O HORÁRIO ESTENDIDO ATÉ AS 20 HORAS É APROVADO NA CÂMARA DE VEREADORES

BRUNO ARAÚJO: 'ESTOU PRONTO PARA ACEITAR ESSA MISSÃO'

Feira do Sítio Cacimba de Baixo movimenta a Zona Rural de Santa Cruz do Capibaribe

MARÍLIA ARRAES NESTA QUINTA-FEIRA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE