PRIMA DE CAMPOS: PAULO CÂMARA ‘ENXUGA GELO’ E NÃO RESOLVE CRISE NA SEGURANÇA


A vereadora do Recife Marília Arraes (PT), prima do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, criticou o atual chefe do executivo estadual Paulo Câmara por causa dos números alarmantes sobre a violência no estado; depois de citar "12 mil assassinatos em 32 meses da gestão de Paulo Câmara, ela questionou: "e o que o governo faz? Anuncia a formação de 3 mil policiais até março de 2018. Mas não diz que até o final de 2018 outros 4 mil estarão se aposentando. Enxugar gelo não resolve a crise na segurança, governador"

Pernambuco 247 - A vereadora do Recife Marília Arraes (PT), prima do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, criticou o atual chefe do executivo estadual Paulo Câmara por causa dos números alarmantes sobre a violência no estado.

"12 mil assassinatos em 32 meses da gestão de Paulo Câmara. 3.735 homicídios entre janeiro e agosto de 2017. 15,37 é a média diária de assassinatos. 1 policial para cada 503 habitantes. ONU indica 1/450", disse a parlamentar em vídeo divulgado no Facebook.

"E o que o governo faz? Anuncia a formação de 3 mil policiais até março de 2018. Mas não diz que até o final de 2018 outros 4 mil estarão se aposentando. Enxugar gelo não resolve a crise na segurança, governador.

Pernambuco respondeu por 50% do aumento do número de homicídios em nível nacional, no primeiro semestre de 2017. Neste período, o País teve 1,7 mil homicídios a mais do que no mesmo período do ano passado; 913 deles aconteceram no estado.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA