PMDB adia desfecho sobre dissolução do diretório estadual

Baleia Rossi, líder do partido na Câmara
Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Por Anderson Bandeira
Da Folha de Pernambuco

O processo de dissolução do diretório estadual do PMDB não entrará na pauta da executiva nacional nesta quarta-feira (27). Apesar de toda expectativa que o assunto iria à mesa e teria um desfecho, o comando do partido decidiu recuar, retirando a discussão do foco e agora não existe mais previsão de nova data. 

O pedido de dissolução do diretório regional foi apresentado por Orlando Tolentino, um aliado do senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) que, desde que chegou ao partido, tenta conquistar o comando no Estado e lançar uma candidatura própria ao governo. 

O processo gerou reação do atual presidente estadual do PMDB, Raul Henry, e o seu grupo político que conta ainda com o deputado Jarbas Vasconcelos. Indicado pela relatar o parecer pela dissolução ou não, o deputado Baleia Rossi (PMDB-SP), entretanto, ainda não concluiu o relatório.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA