No Palácio, Oposição oficializa pedido da Força Nacional


A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) protocolou, na manhã desta quarta-feira (20), pedido para que o Governo do Estado convoque a Força Nacional de Segurança Pública para ajudar no combate à criminalidade em Pernambuco, com base no Decreto 5.289/2004, que criou a referida força.

O pedido apresentado pelos parlamentares foi motivado pelo crescimento de 35% nos índices de violência nos oito primeiros meses deste ano, quando foram registrados 3.735 assassinatos, 84.358 crimes violentos contra o patrimônio, 21.125 casos de violência doméstica e 1.332 estupros (dados da SDS). Nos últimos 12 meses, o Estado registrou 56,95 homicídios por grupo de 100 mil habitantes, situação mais grave que a do Rio de Janeiro, que no mesmo período registrou 40,07 homicídios por 100 mil habitantes. Infelizmente, nos 32 meses da gestão, já foram cometidos mais de 12 mil assassinatos em Pernambuco.

A Oposição entende que as ações apresentadas pelo Governo do Estado, até aqui, não surtiram efeito diante do atual quadro de insegurança vivido pelo povo pernambucano e, por isso, é necessário a apresentação de ações concretas e de um plano de emergência de enfrentamento à violência.


Além da Força Nacional, a Bancada de Oposição cobra a reabertura do diálogo do governo com os policiais militares; a valorização dos profissionais de segurança; resgate dos princípios do Pacto pela Vida (planejamento, diálogo e transparência), reforço do efetivo policial e uma ampla discussão com os municípios sobre o enfrentamento à violência.

A Bancada de Oposição entende que esse tema não deve ser encarado como um debate entre Governo e Oposição, mas como assunto de interesse de toda a sociedade pernambucana e de todos os interessados em reduzir os atuais índices de violência.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA