POLÍCIA FEDERAL FAZ OPERAÇÃO CONTRA FRAUDES DE R$ 22 MI EM APOSENTADORIAS RURAIS


Polícia Federal deflagrou a Operação Insistência, que visa coibir fraudes em aposentadorias rurais e benefícios no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife; agentes estão cumprindo dois mandados de prisão preventiva, 18 de condução coercitiva, além de oito mandados de busca e apreensão; prejuízos aos cofres públicos são estimados em cerca de R$ 22 milhões; investigados responderão pelos crimes de estelionato cometido contra entidade de direito público, falsificação de documentos e corrupção passiva

Pernambuco 247 - A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (9) a Operação Insistência, que visa coibir fraudes em aposentadorias rurais e benefícios no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Agentes estão cumprindo dois mandados de prisão preventiva, 18 de condução coercitiva, além de oito mandados de busca e apreensão. Os prejuízos aos cofres públicos são estimados em cerca de R$ 22 milhões.

As investigações foram iniciadas em 2015, a partir da descoberta de irregularidades praticadas por um servidor do INSS. Segundo a PF, em 12 meses, foram concedidos 1.527 benefícios e aposentadorias. Uma unidade de porte semelhante concedeu, no mesmo período, 139 benefícios do gênero. O servidor é apontado como o maior concessor de benefícios do Estado.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato cometido contra entidade de direito público, falsificação de documentos e corrupção passiva.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA