POLÍCIA FEDERAL FAZ OPERAÇÃO CONTRA FRAUDES DE R$ 22 MI EM APOSENTADORIAS RURAIS


Polícia Federal deflagrou a Operação Insistência, que visa coibir fraudes em aposentadorias rurais e benefícios no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife; agentes estão cumprindo dois mandados de prisão preventiva, 18 de condução coercitiva, além de oito mandados de busca e apreensão; prejuízos aos cofres públicos são estimados em cerca de R$ 22 milhões; investigados responderão pelos crimes de estelionato cometido contra entidade de direito público, falsificação de documentos e corrupção passiva

Pernambuco 247 - A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (9) a Operação Insistência, que visa coibir fraudes em aposentadorias rurais e benefícios no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Agentes estão cumprindo dois mandados de prisão preventiva, 18 de condução coercitiva, além de oito mandados de busca e apreensão. Os prejuízos aos cofres públicos são estimados em cerca de R$ 22 milhões.

As investigações foram iniciadas em 2015, a partir da descoberta de irregularidades praticadas por um servidor do INSS. Segundo a PF, em 12 meses, foram concedidos 1.527 benefícios e aposentadorias. Uma unidade de porte semelhante concedeu, no mesmo período, 139 benefícios do gênero. O servidor é apontado como o maior concessor de benefícios do Estado.

Os investigados responderão pelos crimes de estelionato cometido contra entidade de direito público, falsificação de documentos e corrupção passiva.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE SEDIA O 'MODA E NEGÓCIOS', QUE VAI PARA A SUA TERCEIRA EDIÇÃO

TÍTULO DE CIDADÃO PARA BETTO ARAGÃO. UMA JUSTA HOMENAGEM.

MARANHÃO ANULA SESSÃO QUE APROVOU IMPEACHMENT

GREVE DE FOME DE CLODOALDO BARROS CHEGA AO FIM

Buracos na PE-160 danificam veículos e dificultam o acesso ao Moda Center Santa Cruz