Tadeu Alencar: “Cidadania brasileira exige a aceitação da denúncia”


Brasília - Membro titular da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o deputado federal Tadeu Alencar (PSB) se manifestou mais uma vez, em pronunciamento durante a sessão da CCJ nesta quinta-feira (13), pela aceitação da denúncia contra o Presidente Michel Temer.

Para Tadeu, diante das evidências apresentadas pela Procuradoria Geral da República (PGR), o parlamento não tem o direito de querer blindar o Presidente, evitando a apuração dos fatos.

“Não nos cabe, diante das evidências robustas que foram colocadas pelo conjunto probatório, ter outro caminho que não seja dar à cidadania brasileira o direito de ver elucidado o que que de fato aconteceu, porque não podemos dormir com as graves suspeições que pairam sobre a Presidência da República”, afirmou.

No pronunciamento, de quase 15 minutos, Tadeu destacou a qualidade do relatório apresentado pelo relator Sérgio Zveiter (PMDB), que segundo ele fundamenta com competência a aceitação da denúncia. “O conjunto de fatos que temos neste momento não nos dá o direito de impedir que esta investigação se faça em profundidade. Porque isto é o que está a pedir a moralidade pública. E em respeito ao Brasil, e aos que vieram antes de mim no meu partido, e dos que virão depois, voto pela aceitação da denúncia”, concluiu o parlamentar pernambucano.

Crédito da foto: Guilherme Martimon/PSB

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

FAMILIARES E AMIGOS SE DESPEDEM DO RADIALISTA AGNALDO SILVA

PARA RECORDAR. MATÉRIA QUE FIZ COM AGNALDO SILVA EM 2014

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA

Deputado fala sobre necessidade de movimento jurídico para barrar privatização da Eletrobras

PRUDÊNCIO GOMES: "ESTOU À DISPOSIÇÃO DO POLO DE CONFECÇÕES"