Senadores discutem hoje a reforma trabalhista; votação foi adiada para a próxima terça

Samanta do Carmo
Rádio Agência Nacional

FOTO JONAS PEREIRA - AGÊNCIA SENADO

A sessão do plenário do Senado deve ser aberta nesta quarta-feira (5) às 14h para que os senadores possam debater a proposta de reforma das leis trabalhistas.

A discussão deve seguir até as 22h e será retomada na quinta-feira (6).

Na noite desta terça-feira (4), os senadores aprovaram por 49 votos favoráveis e 16 contrários o pedido de urgência para que a reforma seja o primeiro item da pauta na próxima semana.

Com o pedido de urgência aprovado, a votação já poderia ocorrer nesta quarta (5), como havia anunciado o líder do governo no Senado, senador Romero Jucá, há alguns dias, mas houve um acordo entre base e oposição para que a votação definitiva ocorra apenas dia 11 de julho, próxima terça-feira.

Por meio de seu porta-voz, o presidente Michel Temer comemorou a aprovação do pedido de urgência e disse que a votação expressiva demonstra o comprometimento da base aliada com as medidas propostas pelo governo para modernizar o país.

O projeto de lei da reforma trabalhista já passou pela Câmara dos Deputados e caso seja aprovado na próxima semana, será enviada para sanção presidencial.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

PARENTES E AMIGOS DÃO O ÚLTIMO ADEUS A SEU HELENO

HELINHO ARAGÃO FALA SOBRE O AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO APROVADO PELA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

A FEIRA DE ANIMAIS DE CACIMBA DE BAIXO SUPERA EXPECTATIVAS

Duas pessoas morrem após tiroteio em igreja evangélica