GLEISI: TIRAR TEMER PARAR PÔR MAIA É “TROCAR SEIS POR MEIA DÚZIA”


A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), disse ontem que substituir Michel Temer por Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Presidência da República seria "trocar seis por meia dúzia"; antecipando um movimento "Fora Maia", ela afirmou que o partido não aceitará uma eleição indireta, em que atual presidente da Câmara é apontado como um dos favoritos, caso Temer não resista às denúncias de corrupção feitas contra ele na delação da JBS

247 - Recém-empossada presidente nacional do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) disse ontem que substituir Michel Temer por Rodrigo Maia (DEM-RJ) na Presidência da República seria "trocar seis por meia dúzia". Antecipando um movimento "Fora Maia", ela afirmou que o partido não aceitará uma eleição indireta, em que atual presidente da Câmara é apontado como um dos favoritos, caso Temer não resista às denúncias de corrupção feitas contra ele na delação da JBS.

"Nós não achamos que o Maia seja a solução para este país. É tão ruim quanto Michel Temer. Trocar seis por meia dúzia, para o Brasil, não vale nada", afirmou, em sua primeira entrevista coletiva como presidente nacional do PT. "A nossa posição de saída do Temer está ligada à eleição direta. Senão, não adianta nada. Nós queremos que tire o Temer, mas nós não queremos que entre o Maia."

Segundo Gleisi, a rejeição ao deputado fluminense se justifica pelo fato de que ambos foram "comprometidos com o golpe" - que é como os petistas classificam o impeachment sofrido pela ex-presidente Dilma Rousseff no ano passado. Além disso, pesa contra Maia seu apoio à agenda de reformas em curso no Congresso Nacional, patrocinadas pelo governo Temer, mas que ela classifica como "retrocesso".

As informações são de reportagem de Fabio Murakawa no Valor.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

PARENTES E AMIGOS DÃO O ÚLTIMO ADEUS A SEU HELENO

HELINHO ARAGÃO FALA SOBRE O AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO APROVADO PELA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

A FEIRA DE ANIMAIS DE CACIMBA DE BAIXO SUPERA EXPECTATIVAS

Duas pessoas morrem após tiroteio em igreja evangélica