Em Brasília, Câmara busca acelerar empréstimo do BNDES

Do BLOG DA FOLHA

Governador se reuniu com o novo presidente do banco, Paulo Rabello de Castro. O gestor também tratou do alongamento da dívida com o banco

Governador se reuniu com o dirigente do banco em BrasíliaFoto: Humberto Pradera/Divulgação

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), se reuniu, nesta quarta-feira (14), com o novo presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Na ocasião, tratou do empréstimo que o Governo do Estado está negociando com a instituição, no valor de R$ 600 milhões, já autorizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e o alongamento da dívida do Estado com o banco. "Nossa prioridade é continuar investindo. Em dois anos e cinco meses de Governo, conseguimos investir cerca de R$ 3 bilhões, isso em plena crise econômica", afirmou o governador. 

"O presidente Paulo Rabello tem conhecimento do trabalho que estamos desenvolvendo em Pernambuco e assegurou que vai trabalhar para que, especialmente a questão das operações de crédito seja, de fato, efetivada", afirmou continuou Paulo Câmara. Segundo o governador, as pautas de Pernambuco já estão sendo tratadas pela equipe técnica do BNDES.

Durante a reunião, Paulo Câmara lembrou a Rabello o compromisso que o presidente da República, Michel Temer (PMDB), assumiu de acelerar a liberação do empréstimo de R$ 600 milhões, quando esteve em Pernambuco, no final do mês de maio, após as fortes chuvas que atingiram municípios da Mata Sul e do Agreste pernambucano. O Estado destinará parte desses recursos como contrapartida estadual nas obras de conclusão das barragens de Igarapeba, Panelas 2, Gatos e Barra de Guabiraba.

Segundo o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, o alongamento da dívida do Estado com o BNDES pode abrir a possibilidade de o Governo reduzir em R$ 15 milhões mensais os desembolsos. "São R$ 180 milhões por ano que vamos destinar a investimentos. O governador Paulo Câmara já determinou às equipes das secretarias da Fazenda e de Planejamento fazer os estudos, baseados no que foi anunciado pelo presidente Michel Temer na reunião que teve ontem (13) com os governadores", pontuou.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

PARENTES E AMIGOS DÃO O ÚLTIMO ADEUS A SEU HELENO

HELINHO ARAGÃO FALA SOBRE O AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO APROVADO PELA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

A FEIRA DE ANIMAIS DE CACIMBA DE BAIXO SUPERA EXPECTATIVAS

PREFEITO EDSON FALTA A AUDIÊNCIA E CARLINHOS DIZ QUE O MOTIVO FOI MEDO